sexta-feira, 9 de maio de 2014

Esquizofrenias

Pedro Passos Coelho, além de uma difícil relação com a verdade, tem uma relação complicada com a realidade.
Quinze dias antes de aumentar a TSU e o IVA, garantia que não iria aumentar impostos.
Esta semana voltou a garantir que não haveria mais aumento de impostos mas hoje, na AR, voltou a admitir essa possibilidade.
Seria bom para o país que PPC fosse submetido a uma junta médica independente porque o homem, com tantas contradições, só pode ter um problema de saúde grave.
PPC é um insulto à inteligência dos portugueses. Ao pé dele, Sócrates é uma pessoa impoluta e um governante de excelência. E, acima de tudo, uma pessoa com boa saúde mental.

11 comentários:

  1. Caro Carlos,

    PPC é um mentiroso compulsivo, aliás, permita-me aqui discordar consigo, na senda do seu antecessor, precisamente, o Engº de Domingo Sócrates!

    Abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Meter tudo no mesmo saco,como se tratando de farinha da mesma moagem,pretensamente, pode dar jeito.Mas,há sempre um mas,mesmo reconhecendo que José Sócrates, não terá sido um modelo de virtudes,confundir as práticas e decisões politicas,porque é isso que conta,de José com as de Pedro (o abre portas),vou ali e já volto.Árvore e floresta,ainda não são uma e a mesma coisa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também vou ali e já volto, Sr. Morgado.

      Fugindo à temática aqui abordada onde é tudo farinha do mesmo saco, vim, especialmente, felicitar a sua sábia decisão.
      Entre ser um Francisco José ou um José Francisco, uma vez que o autor deste blog não aprecia comentários de anónimos, escolheu - e muito bem - um nick pertencente à alta linhagem.
      Pelo menos, agora, já se pode dizer que é um anónimo de alto gabarito.

      Ah, o que eu admiro gente com elevado sentido de humor! Parabéns...clap, clap, clap...

      A Morgadinha.

      Eliminar
  3. Eu não me atreveria a fazer comparações entre Sócrates e a espécie de primeiro-ministro que agora temos e que nos calhou em desgraça. O vinho de excelência não é comparável com qualquer zurrapa. A meu ver, claro, e com respeito por toda e qualquer opinião em contrário.

    ResponderEliminar
  4. Sócrates teve opções erradas, mas tentou tudo para a Troika não entrar no país e em comparação com este mentiroso compulsivo que está no Poder, com a benção incondicional do reformado de Boliqueime, é um estadista a sério.

    Sou suspeita , mas faz-me sempre uma certa confusão apontarem o facto da licenciatura de Sócrates ter sido assinada a um domingo, como se isso fosse responsabilidade dele.

    Isto , porque certa vez recebi um Despacho , para eu cumprir, com a data de 25 de Dezembro ...Será que sou pior funcionária por isso ou que a responsabilidade passou para mim?!

    Amigo, tudo de bom

    ResponderEliminar
  5. O Carlos arriscava a sua cabeça para proteger os seus ideais?

    Pensei em si, Carlos, quando escrevi o texto de hoje no "ematejoca azul"!

    ResponderEliminar
  6. Se o mentiroso disse que não ia aumentar impostos e 15 dias depois está a aumentar , agora que diz que aumenta...para onde pensa ir ? é mesmo doido.
    M.A.A.

    ResponderEliminar
  7. Não se pode comparar o incomparável... Não aprecio gente que se serve dos outros para fazer alpinismo político!

    ResponderEliminar
  8. Junta médica?! Isso seria bom de mais. Júlio de Matos com ele e com colete de forças a tempo inteiro!

    O Zé Sócrates? Nos antípodas deste facínora!

    ResponderEliminar
  9. ~ Subscrevo a opinião da Graça.

    ~ Conheço pessoas da direita, acirradas e ferozes inimigas de Sócrates, que estão completamente desiludidas com PPC.

    ~ Mas, ninguém arranja maneira de lhe dar, pelo menos, um bom puxão de orelhas.

    ResponderEliminar