terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

O drama é...

9 comentários:

  1. Outro que anda a fumar coisas esquisitas.

    ResponderEliminar
  2. Outro que é psicopata e corre o risco de ser processado por calúnia, difamação e perseguição dentro do Art. Art. 146 .

    Boa Tarde.

    ResponderEliminar
  3. CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
    L
    Art. 146 - Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, ou depois de lhe haver reduzido, por qualquer outro meio, a capacidade de resistência, a não fazer o que a lei permite, ou a fazer o que ela não manda:
    Pena - detenção, de três meses a um ano, ou multa.
    Aumento de pena
    § 1º - As penas aplicam-se cumulativamente e em dobro, quando, para a execução do crime, se reúnem mais de três pessoas, ou há emprego de armas.
    § 2º - Além das penas cominadas, aplicam-se as correspondentes à violência.
    § 3º - Não se compreendem na disposição deste artigo:
    I - a intervenção médica ou cirúrgica, sem o consentimento do paciente ou de seu representante legal, se justificada por iminente perigo de vida;
    II - a coação exercida para impedir suicídio.
    Ameaça

    ResponderEliminar
  4. Veja mais ; a Calúnia ( art. 138 ) , a Difamação ( art. 139 )

    ResponderEliminar
  5. CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
    L
    Art. 138 - Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime:
    Pena - detenção, de seis meses a dois anos, e multa.
    § 1º - Na mesma pena incorre quem, sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga.
    § 2º - É punível a calúnia contra os mortos.
    Exceção da verdade
    § 3º - Admite-se a prova da verdade, salvo:
    I - se, constituindo o fato imputado crime de ação privada, o ofendido não foi condenado por sentença irrecorrível;
    II - se o fato é imputado a qualquer das pessoas indicadas no nº I do art. 141;
    III - se do crime imputado, embora de ação pública, o ofendido foi absolvido por sentença irrecorrível.
    Difamação.



    CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
    L
    Art. 139 - Difamar alguém, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação:
    Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.
    Exceção da verdade
    Parágrafo único - A exceção da verdade somente se admite se o ofendido é funcionário público e a ofensa é relativa ao exercício de suas funções.
    Injúria.

    Imagina agora a mesma pessoa está a fazer tratamentos psiquiátricos, consequências causada por todo esse processo de DIFAMAÇÃO, CALÚNIA, E PERSEGUIÇÃO, Consequências segundo o psiquiatra, nervosismo, medo, ataques ou surtos, identificado pelo profissional de saúde.

    ResponderEliminar
  6. Existe ainda um botão chamado . PrtScSysRq.

    ResponderEliminar
  7. Minh'alma está parva com o que para aqui leio!
    Não pode ser!!

    ResponderEliminar