segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Diário de um idiota (3)



No país mais justo que o animal  garante estar a construir, o ministério da educação guarda  19,4 milhões de euros para oferecer às escolas privadas e tira 14 milhões ao orçamento destinado ao ensino dos deficientes.
Tem lógica… eu é que sou idiota!

Pois, pois... e eu acredito em contos de fadas!




Não li o relatório do FMI mas, segundo os jornais,  quatro das exigências da troika são:
- redução dos salários no privado;
-redução do salário mínimo dos jovens;
- redução das indemnizações por despedimento ilícito;
-  criar medidas que desincentivem  os trabalhadores despedidos sem justa causa, a recorrer   aos tribunais.
Lê-se e não se acredita que os técnicos do FMI sejam tão incompetentes e idiotas, para aconselharem medidas como estas.
Sinceramente, não acredito e só tenho uma explicação. Se elas foram colocadas no relatório do FMI, foi a pedido do próprio governo, que precisava de mostrar aos portugueses que sabe dizer não à troika.
Isto é tudo  muito pueril  mas, dados os exemplos de infantilismo da maioria dos membros deste governo, não me custa nada acreditar que alguém se tenha lembrado deste estratagema, para ficar bem na fotografia. 
Como não acredito em contos de fadas, esta é a única explicação que encontro para tanto disparate, por parte de técnicos do FMI.

Última hora! Governo dá ( ainda mais) prémios a quem pedir factura

Como é sabido, a partir de janeiro o governo irá premiar semanalmente, entre os consumidores que pedirem facturas, magníficos automóveis  apreendidos a quem não os pode pagar.  Esta é a parte da notícia que o leitor já sabia.  Agora, a novidade!
Por proposta conjunta de Pires de Lima e Nuno Crato,  o sorteio semanal vai atribuir  um segundo prémio: dez  mini cursos superiores com certificado a ser emitido no final das manhãs de sábado. Os minicursos superiores engendrados pela dupla  terão inicio às 9 da manhã e concluirão ao meio dia e meia, para que o ministro a quem competir entregar os certificados, possa almoçar em sossego com a família.
Outra novidade, é os mini-cursos poderem ser trocados por certificados obtidos na frequência deste curso rápido

Those were the days (35)

De Cafayate a Salta (Andes argentinos)- 2009