terça-feira, 17 de setembro de 2013

Um milhão!

No inicio do ano, o site meter informava-me que o CR tinha recebido 500 mil visitantes. Estava então no hemisfério Sul e, quando me apercebi, já tinham passado umas semanas, pelo que não informei os leitores.
Ontem, o sitemeter avisou- me que já tinha ultrapassado o milhão de pageviews. Desta vez não podia deixar de assinalar o facto e agradecer a todos os leitores. So Instalei  o site meter em Novembrode 2008, o que quer dizer que em menos de 5 anos ultrapassei os 600 mil leitores e, desde o inicio do CR  devo andar pelos 700 mil.Obrigado a todos!

Com dedicatória para o senhor Rosalino




Pequeno contributo para a tentativa de enriquecimento cognitivo dos ilustres membros deste governo que decidiram escolher os funcionários públicos como alvo a abater.



 "A falsa idéa de que o funccionalismo concorreu para a, situação deploravel da fazenda publica, por ter absorvido por muitos annos grande parte das rendas do estado, levantou no paiz um antagonismo de classes, que em circumstancias menos pacificas do que as que vamos atravessando poderia trazer comsigo bem graves consequencias. 
Uma parte da imprensa, como se pretendera lisongear paixões, tem appoiado as manifestações contrarias ao funccionalismo. Faz n'isso um mau serviço, porque é do desacato àquelles que exercem funcções publicas que resulta o abatimento da auctoridade e a quebra do respeito pelas diversas gradações da hierarchia politica. 
As breves considerações que ahi vão escriptas têem por unico fim mostrar a absurda jurisprudencia com que se pretende julgar os direitos dos empregados; a injustiça das arguições que se fazem ao funccionalismo portuguez ; e a sem razão com que algumas classes acintemente lhe estão movendo guerra. 
Ergue-se uma voz, ainda que fraca, do seio d'esta grande corporação chamada os servidores do estado unicamente para ir chamando ao bom caminho a opinião desvairada, e com o fim de protestar contra a perseguição ; não em nome de falsas vaidades, ou de interesses illegitimos, mas em nome de um principio sagrado nas sociedades civilisadas - em nome do direito. 
Na sua curta vida de empregado publico o auctor tem cumprido sempre religiosamente os deveres que a lei lhe marca;nem os seus, bem que insignificantes, trabalhos litterarios ; nem emfim outras applicações a que se tem dado, o distrahiram nunca do cumprimento d'elles ; e ahi estão para attestalo os homens honrados que têem sido seus chefes. 
Estribado, pois, na força da sua consciencia, e nos argumentos copiosos que o assumpto fornece, é que dá à estampa estas ligeiras considerações, precipitadamente escriptas, . que o auctor se honra de offerecer ao illustrado funccionalismo portuguez". 


A.deOliveira Pires in O Funccionalismo
Typographia Universal
29 de janeiro de 1869
Vale a pena ler este pequeno opúsculo de 24 páginas.Talvez esteja  disponível numa biblioteca perto de si.

Post reeditado

Oh Crato! Desce a terra!

Era porreiro se o Crato desse uma volta pelo pais! Pelo menos ficava a saber que o começo do ano escolar não esta a ser normal.Desce a terra, pá!