domingo, 8 de setembro de 2013

Postal de férias (1) - Aqui há fantasmas?


Gosto de vir para férias  cansado. Faz-me sentir que as mereço...
Desta vez, contudo, parece que exagerei. As duas últimas semanas foram loucas e na sexta-feira, quando cheguei aqui ao hotel, comi  um snack, vim para o quarto e dormi treze horas seguidas!
Ontem estava suficientemente descontraído para dar umas passeatas, sentar-me a ler à sombra de uma árvore  ou, pura e simplesmente, andar a "tirar água sem caneco".  
À noite  foi diferente. Não tinha sono, acabei  de ler “ O Navio do Destino” – livro delicioso sobre o Serpa Pinto-  e não me apetecia começar outro, o sinal de Internet estava fraco e resolvi  ligar a televisão. Baixinho. 
Às tantas comecei a ouvir uns sons provenientes do  quarto contíguo, cujo volume foi aumentando. Como na recepção me garantiram que os quartos contíguos ao meu  não estavam ocupados, creio que  os sons eram provenientes de uma  Twilight Zone onde el-rei  D. Manuel II e Gaby Deslys  reviviam os seus amores com inusitada volúpia.  O mais estranho é que, em música de fundo, se ouvia o Cole Porter. Ao vivo!
Não vos estaria aqui a maçar com as minhas insónias se esta manhã, quando descia para o pequeno almoço, não tivesse dado de caras com a Agatha Christie, em roupão,  a sair do quarto nº 7.  Ainda  mal refeito do susto,  cruzo-me  com o Luigi Pirandello, que acabara de tomar o pequeno almoço.
Bem... não sei se me fez mal ter dormido tantas horas, ou se pirei de vez. Por agora o melhor talvez seja mudar de hotel, para me ver livre das alucinações. A propósito… em que hotel é que eu estarei? Não sabem?
Então descubram a resposta aqui