sábado, 20 de julho de 2013

Eles deviam ter visto isto...



Eu sei que esta intervenção tem mais de um ano, mas não é por isso que perde actualidade. Cavaco devia ter pedido a David Justino para a exibir antes das reuniões entre os partidos da troika lusa. Ele próprio a devia rever, antes de tomar a decisão de empossar o governo reciclado que Coelho lhe apresentou.
Já agora, também não lhe fazia mal ver também este bocadinho, para perceber  como vai ficar o  país, com a política  seguida por estes lacaios da troika.

What now my love?


E agora, senhor presidente? Jogou, arriscou e perdeu. Deixe lá, não está sozinho. É apenas mais um a cair nas armadilhas de Coelho. Primeiro foi Portas, depois Seguro, agora é a sua vez.  
 Como vai justificar ao país o impasse destas  três semanas?
Alegando que foram forças ocultas que minaram o acordo e o senhor até tinha avisado desde as Selvagens o que se estava a passar?
Depois vai lembrar que o PCP fez mais uma vez um grande favor à direita, mandando o seu satélite apresentar uma moção de censura, cujo único objectivo era entalar o PS?
Ó senhor presidente! Isso era tudo tão previsível, que ninguém vai aceitar essa justificação.
O senhor vai dar posse a um governo de almas penadas - revitalizado pelo PCP/PEV, é certo- mas putrefacto e sem futuro? É isso que nos vai dizer daqui a umas horas, não é?
Desta vez sou eu a avisá-lo. Vai tentar corrigir um erro com outro erro maior e isso não vai dar bom resultado. Daqui a um ano, vai ter um problema muito mais grave entre mãos que não terá capacidade para resolver pela via democrática.
Pense nisso, está bem? E não esqueça que, se a sua jogada visava recuperar o seu prestígio, perdeu em toda a linha. Os portugueses não lhe vão perdoar este erro e  o senhor seria bem avisado se percebesse  e renunciasse, por ter sido incapaz.

O CDS é um sujeito passivo?

Desculpem lá a pergunta.
Já conhecemos as propostas do PS. Já percebemos que o PSD apenas queria que o PS caucionasse as suas propostas, prolongando a sua política ate 2018.
Só ainda não percebemos o que andou o CDS a fazer durante estes dias. Apresentou propostas, ou assumiu-se como um sujeito passivo?

Olhai os lírios do campo!

Estou farto do lirismo comedido
Do lirismo bem comportado
Do lirismo funcionário público com livro de ponto expediente protocolo e manifestações de apreço ao sr. director.
Estou farto do lirismo que pára e vai averiguar no dicionário o cunho vernáculo de um vocábulo.
Abaixo os puristas.
Todas as palavras sobretudo os barbarismos universais
Todas as construções sobretudo as sintaxes de excepção
Todos os ritmos sobretudo os inumeráveis
Estou farto do lirismo namorador
Político
Raquítico
Sifilítico
De todo lirismo que capitula ao que quer que seja fora de si mesmo.
De resto não é lirismo
Será contabilidade tabela de co-senos secretário do amante exemplar com cem modelos de cartas e as diferentes maneiras de agradar às mulheres, etc.
Quero antes o lirismo dos loucos
O lirismo dos bêbados
O lirismo difícil e pungente dos bêbedos
O lirismo dos clowns de Shakespeare.
- Não quero saber do lirismo que não é libertação.

(Manuel Bandeira)