sábado, 6 de julho de 2013

Cenas de um casamento


 

Depois de um namoro conturbado, os noivos decidiram casar-se 


Beijaram-se em público mas...


 
 ...uma câmara escondida filmou um ângulo que as televisões não captaram.
Qual dos cônjuges se prepara para assassinar o outro?
Siga as cenas dos próximos capítulos.

Importa-se de repetir?

O Cavaco vai aceitar a palhaçada desta solução como credível? Se ouvi bem, o Portas passa a mandar no Coelho
Já agora... Se o Portas coordena a área económica e as negociações com a Tróia,o que vai fazer o Passos? Nada, como sempre? Vão gozar com as vossas tias, puros!

Não há problema, nós pagamos os luxos dos putos!

Era preciso estes gajos irem conversar para o Tivoli? 
Em tempo de crise, não podiam ter reunido em casa do coiso, na Gomes Teixeira ou, se queriam um lugar neutro, no Jardim Zoológico junto da família?
Estes putos têm gostos caros, mas não há problema, porque o contribuinte paga!
Querem uma sugestão? Vão reunir para  o outro coiso!

DÁ-ME UM BEIJINHO!

Os putos reúnem-se hoje para fazer as pazes em público e convencer o padrinho Cavaco que está tudo bem entre eles. Se para continuarem a ir ao pote, for preciso, até se beijam na boca.
Não têm vergonha nenhuma mas Cavaco, que vai fingir que acredita na sinceridade desta reconciliação, ainda se vai arrepender por ter patrocinado mais esta farsa. O segundo resgate vem a caminho...
Portas deve ter o seu futuro político arruinado. Enfrentou e manobrou como quis políticos mais ou menos do seu nível. Acaba derrotado por um trapaceiro. Acontece...