quinta-feira, 6 de junho de 2013

Tertúlia dos idiotas

Aproximam-se as eleições autárquicas e o laranjal desabrocha em chorrilhos de disparates. Começa a ser quase impossível acompanhar e comentar tanta atoarda saída  da tertúlia que se reúne à sombra do laranjal da S. Caetano, para inventar desculpas públicas que justifiquem a sua incompetência. Ninguém escapa a desempenhar o papel de bobo. Nem este fulano, que eu considerava uma pessoa séria, se coibiu de disparatar. 

A ameaça

Pedro Passos Coelho não anda bem. O raciocínio ( eu sei que nunca foi o seu forte) toldou-se-lhe de vez e sempre que abre a boca em público , não entra mosca. 
Foi o que aconteceu ontem na Amadora, durante a apresentação do candidato do PSD ( eu não percebo como é que ainda há candidatos autárquicos que gostem de ser vistos ao lado de PPC). Depois de garantir que tem muito orgulho no trabalho que está a fazer e não tem medo do julgamento dos portugueses, asseverou:
- Se agora houvesse uma crise política em Portugal, regressaríamos a 2011
Esta profecia, feita em jeito de ameaça, não deixa de ter graça. Haverá algum português ( com excepção daqueles que andam a comer do pote) que não preferisse estar em 2011? 
PPC ainda não percebeu que estamos todos piores do que em 2011, com excepção dele próprio e da trupe  que o rodeia?
Pois devolva-nos a 2011, senhor Pedro! Ficaremos muito agradecidos, porque vivíamos melhor nessa altura e  quem se enganou ao votar em si, tem oportunidade de corrigir o erro.



Vai ser um sucesso!

Tendo em consideração a vasta experiência adquirida por  Pedro Passos Coelho nos "negócios" do Fundo Social Europeu, quando estava à frente da Tecnoforma, os funcionários públicos podem estar descansados, porque o sucesso deste programa está assegurado. 
Um dia destes ainda vejo a UE a aprovar projetos apresentados pelo Oliveira e Costa 

A man for all seasons

E o Delors? Ninguém fala do Delors? ( Actualizado)

Jacques Delors esteve hoje em Lisboa e zurziu forte e feio na subserviência dos nossos ministros perante Bruxelas. Estranhamente, não encontrei uma única notícia sobre o assunto na imprensa on line, para poder fazer link. Todos optaram por replicar as palavras de Passos Coelho na Amadora. "Tenho muito orgulho no que estamos a fazer"- disse.
Adenda: Leitora amiga escutou o meu apelo e enviou-me o video. Podem ver aqui