segunda-feira, 20 de maio de 2013

Acabar com a farsa...

... e correr o risco de ser livre. É isso mesmo!

A praga

Uma praga de comentários em inglês remetendo para links duvidosos obrigou-me a eliminar alguns comentários. O blogger já não tem competência para eliminar spam?

Nossa Senhora de Fátima já chegou a Belém


O CR sabe que Nossa Senhora e Fátima acaba de aterrar em Belém. Foi recebida pela D. Maria, mas recusou simpaticamente o chá e dirigiu-se de imediato para a sala de reuniões do Conselho de Estado.
Numa breve alocução aos pastorinhos que a aguardavam, disse:
- Aníbal, não voltes a invocar o meu nome  em vão, porque da próxima vez que o fizeres mando um raio para a Rua do Possolo e ficas sem marquise ( que aliás é ilegal, porque nunca pediste autorização à Câmara). Se vens para aqui discutir o futuro com estes senhores, o problema é teu, mas não me metas ao barulho. Nem eu sou capaz de adivinhar o futuro deste país daqui a um ano, porque ainda não consegui perceber o que é Portugal na actualidade, portanto a responsabilidade da agenda desta reunião é da tua exclusiva responsabilidade.
Quanto a estes ilustres senhores que aqui estão reunidos só lhes quero dizer para se lembrarem que lá fora há um país que a maioria dos senhores desconhece, com pessoas que sofrem e passam fome. Lembrem-se delas! 

O nosso futuro está nos jovens? Não me digam!..


Na JSD medra uma juventude indignada que rouba os pais e despreza os avós. Uma juventude egoísta e irresponsável, criada nos berços do facilitismo e da imbecilidade, habituada a fazer exigências aos pais e respondendo com ameaças a uma recusa.
Eu sei que há muitos jovens ( mesmo na JSD) deste país que não são assim, mas esta juventude laranja tem como guru Pedro Passos Coelho, um exemplar típico do jovem que nunca trabalhou, teve uma juventude boémia, viveu à custa da família, dos compadrios políticos e sempre foi um revoltado com o 25 de Abril, por lhe ter roubado a possibilidade de uma vida à sombra da bananeira.
Os jovens da JSD corporizam a ideologia da vingança, presente na acção política de Pedro Passos Coelho. É neles que o PSD, como partido do arco da governação, confia para garantir o futuro.  São eles que enxameiam os gabinetes ministeriais, onde putos entre os 21 e os 25 anos são rotulados de especialistas e auferem salários que chegam a ultrapassar os cinco mil euros.
Os jovens serão uma geração sacrificada mas exemplares como estes bem mereciam ter como destino a condenação a trabalhos forçados, para aprenderem o que custa a vida!


Esclarecimentos e boas maneiras

Alguns leitores ficaram ofendidos e acusaram-me de ter sido insultuoso por chamar grunho a Jorge Jesus. Esclareço que grunho significa pessoa bronca, ou pouco afável, o que não me parece que seja  um insulto... Por outro lado, não dar os parabéns ao treinador da equipa adversária é baixo nível, falta de educação e de desportivismo. Próprias, obviamente, de um grunho!
Mas se isso vos parece insulto então eu pergunto o que devo dizer daqueles benfiquistas que há tempos me insultaram com palavrões não publicáveis e ameaçaram dar-me uma tareia, só porque estava num local público, com um cachecol a assistir a um Benfica/ Porto na TV, que o FC do Porto venceu por 3-1 eliminando o Benfica da da Taça? Talvez sejam gente civilizada! 
Eu não costumo justificar as derrotas com arbitragens e respeito os adeptos benfiquistas. Quando o SLB venceu o último campeonato, dei aqui os parabéns aos benfiquistas e reconheci o mérito da vitória.  
Quando benfiquistas passam à porta de minha casa no Porto e ao verem-me à janela com um cachecol do FC do Porto, pronto a ir para o Dragão, logo ginasticam os dedos na minha direcção e lançam inúmeros impropérios, não respondo na mesma moeda.
Adoro o FC do Porto, mas nunca insultei nenhum adepto. Nem benfiquista, nem de outro clube. E até sou capaz de enviar um sorriso, mesmo quando o interlocutor não facilita