sexta-feira, 17 de maio de 2013

Troque lá isso por um molho de grelos!

"Este governo é inexperiente e não ouve ninguém. A mim chamaram-me uma vez, mas não posso contar, não posso, matavam-me!"
Palavras de Alexandre  Soares dos Santos em entrevista à Antena 1
Apesar de reconhecer a inexperiência, arrogância e incompetência deste governo, o senhor Pingo Doce afirma que "um novo executivo seria um molho de bróculos".
Ó senhor Alexandre! Então parece-lhe melhor um governo incompetente que "não tem experiência das dificuldades da vida" , ( e que segundo as suspeitas levantadas por MFL  terá mesmo mentido ao PR) do que um governo realista e disposto a bater o pé à troika, para defender os portugueses?
Troque lá o molho de bróculos por um molho de grelos ( eu gosto mais), faça uma promoçãozinha e em vez de criticar o secretismo do Conselho de Estado junte-se aos que pedem eleições imediatas. Se o fizer, até sou capaz de um dia destes voltar a entrar no Pingo Doce...

Dia Internacional dos Museus

Amanhã é o Dia Internacional dos Museus. Estão abertos até às 24 horas, a entrada é à borla e alguns apresentam programas especiais. É aproveitar!

A mim ninguém me cala!

Já aqui escrevi muitas vezes que a esquerda embarcou de forma ingénua, ou irresponsável, no aventureirismo da direita, provocando a queda do governo de Sócrates (que nem a senhora Merkel, por razões óbvias,desejava).
Sempre que aponto o dedo à esquerda pela aliança espúria com a direita, alguns comentadores zurzem-me na caixa de comentários.  Lamento muito, mas continuarei a lembrá-lo e a dizê-lo, até que a voz me doa. Não é por me calar que a irresponsabilidade do PCP e do BE desaparecem. É preciso que as pessoas não esqueçam - e percebam- que este governo  resulta de uma aliança entre o PCP, o BE, o CDS e o PSD!  
Só que isso não chega... É preciso que as pessoas saibam que a presença  da troika para Portugal se deve à aliança entre os quatro partidos. 
Parece-me cada vez mais óbvio que não teríamos cá a troika, se o governo do PS não tivesse sido derrubado. E quando oiço pessoas insuspeitas como Lobo Xavier ( nomeado por Vítor Gaspar presidente da Comissão para reforma do IRC) afirmar que foram os partidos da coligação do actual governo que forçaram a entrada da troika em Portugal, mais reforço a ideia de que este período negro que vivemos poderia ter sido muito amenizado caso a esquerda não tivesse entregue o poder, de mão beijada, a um "Aprendiz de Feticeiro".
Eu sei que não passa de mais um número de oportunismo político mas, lamento muito, repetirei isto as vezes que forem necessárias, porque é um facto que não se pode esquecer, nem pode ser branqueado.

Durão Barroso no ecoponto (Actualização)

Fartei-me de rir com as críticas dos alemães ao caniche Barroso.Foi muito bem feito! Talvez o cherne aprenda que os bajuladores merecem desprezo e, quando deixam de ter qualquer préstimo, os bajulados os descartam como um Tampax depois de usado. 
O cherne foi enviado para o Ecoponto. Esperemos que a máquina de espremer laranjas, com sede na S. Caetano, não proceda à reciclagem do animal e o apresente como um produto reciclado em condições de ir para Belém!
Actualização: "o Público" de hoje vem desmentir "o Público" de ontem sobre as críticas alemãs a Barroso. Hoje, lê-se que os alemães elogiam Durão Barroso e a política de austeridade.  Como não acredito que "o Público" tenha inventado a notícia de ontem, concluo que na Alemanha, como cá, abundam no governo os troca-tintas e a malta do jogo sujo.