segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Nunca lhe peçam para mentir!

 É raro o dia em que não haja um membro do governo a dar um tiro no pé e fornecer munições à oposição.
As declarações Rui Machete, na Índia, retiraram aos ministros um  forte argumento forte para explicar o  falhanço do governo. Como os acontecimentos posteriores vieram a provar, no caso de Angola, Machete limitou-se a dizer a verdade, algo com que PPC e a sua equipa lidam muito mal. 
 Agora, na Índia, RM voltou a dizer aquilo que, muito provavelmente, terá ouvido numa reunião do conselho de ministros. Limitou-se, uma vez mais, a ser sincero e honesto Resta saber como é que depois das palavras do ministro ( a explicação hoje dada pelo MNE é infantil e anedótica) , o governo vai continuar a culpar o Tribunal Constitucional em caso de segundo resgate?   

5 comentários:

  1. PPC tem que fazer como os pais em casa:
    - Meninos, o que se ouve aqui não se conta na rua!
    Aqui é lá nas reuniões que eles têm!

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Eu começo a ter dúvidas de que estes deslizes sejam involuntários, francamente!

    Tenho uma amiga com opinião de que alguma ficção científica é uma maneira de passar informação que não pode ser assumida oficialmente na época.

    Eu acho que é essa a função de Machete no actual Governo!!

    Bom S. Martinho, amigo

    ResponderEliminar
  3. Uma quadrilha um pouco anarca e mal organizada, é o que é...

    ResponderEliminar
  4. Estou de acordo com a São... e nunca achei que no elenco governativo houvessem incompetências relevantes!

    ResponderEliminar
  5. E Juan carlos diria - porque no te callas???

    ResponderEliminar