segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Olha quem fala!

"É um erro grave pensar que tudo é aceitável porque o Estado está falido" ( Leia mais, seguindo o link...)
Quem o diz é Campos e Cunha, presidente da SEDES, associação que ainda há pouco tempo defendia as políticas do governo. Finalmente, perceberam que esta gente é feita da estirpe dos traidores e, além do mais, é incompetente?
 Cavaco e D. Policarpo são, por agora, os dois únicos apoiantes do governo. Compreende-se.O primeiro traiu o povo, o segundo traiu  a Igreja de Cristo, estão entre amigos. Claro que ainda há o Barreto ou o das Neves e mais meia dúzia de trapaceiros, mas esses não têm lugar na História, nem que se ponham em bicos de pés.
A SEDES esqueceu-se de apontar alternativas? Pois é...ninguém é perfeito!

5 comentários:

  1. Pior continuam a recitar a narrativa da bancarrota! São as "élites" que temos!

    ResponderEliminar
  2. Não me tinha lembrado do Policarpo. Tens, pois, razão no comentário que deixaste no meu sítio. Mas no Policarpo, tal como no Cavaco, também já ninguém confia a não ser alguma beata ou algum beato.E estes também não contam, pois fazem parte de uma espécie em extinção.

    ResponderEliminar
  3. Não confio muito nesse Campos e Cunha... Umas vezes dizem uma coisa, outras vezes dizem outra. Ao menos o Cavaco e o da Igreja são coerentes... Esse Barreto - nojo! - é melhor nem me falarem dele!!! Blheque! Uma Zita Duarte do PS! Nojo!

    ResponderEliminar
  4. Alternativas, Carlos, desesperamos por alternativas.
    De diagnósticos estamos todos fartos

    ResponderEliminar