sexta-feira, 4 de outubro de 2013

O momento da verdade

Hoje, na AR, Pedro Passos Coelho disse "este é o momento da verdade".Fez uma pausa de cinco segundos e voltou ao seu discurso natural de mentiroso. O que é que o homem disse?
Que não havia corte retroactivo das pensões, porque não ia obrigar os pensionistas a devolver o dinheiro que já receberam.
Eu não sei se PPC  é idiota ou pensa que os portugueses são idiotas. Sei é que é um grande aldrabão e gosta de jogar com as palavras. Para ele uma mentira é diferente de inverdade, como mandou o Montenegro dizer a propósito das mentiras de Rui Machete. PPC é um tipo rasca, como ficou  bem claro no debate desta manhã na AR.
O problema de PPC não é, apenas, ser um mentiroso compulsivo. Ele tem um problema de saúde mais grave. Vive num mundo de ficção, criado no seu mundo imaginário que só ele e os seus próximos visualizam. Não se apercebe  que mente, porque tem um vocabulário próprio e as mentiras que diz no mundo real são verdades no seu  mundo de ficção.
Esta doença tem um nome e devia ser impeditiva do desempenho do cargo de PM. 

2 comentários:

  1. No Alentejo dizem

    ... e não há um cabrão a pôr ordem nesta merda?

    ResponderEliminar
  2. As pessoas doente têm de ser tratadas nos locais próprios, para assim se zelar pelo seu "bem estar" e essencialmente, pelo dos outros.

    ResponderEliminar