quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Nós, os ricos!



O ministro do Jardim Zoológico vestiu a sua cara dos momentos solenes, arremeteu contra câmaras e microfones com o seu nariz adunco e, do alto da sua irrevogável sapiência, proclamou:
" Os pobres não se manifestam nem vão à televisão!"
Suspirei de alívio. Afinal sou rico. Raras vezes perco a oportunidade de me manifestar na companhia dos ricos como eu.  Abençoado país este, onde os ricos enchem  o Terreiro do Paço para protestar contra um governo indigno que protege os pobres e chantageia os ricos.
Pena que neste mesmo país um pobrezinho se tenha vendido, em troca de um gabinete com vista para o Jardim Zoológico. 
Pensava que Portas ainda era um tipo inteligente mas, muito provavelmente devido à convivência, virou burro de presépio  e gosta de fazer figura de urso

5 comentários:

  1. Se quem ganha 600€ mês, é rico, o país tem de facto milhões de ricos que dão para encher não sei quantas praças.
    Portas, se não virou burro, pelo menos os autores por ti oportunamente citados parece estarem convencidos disso.E, já agora, eu também.

    ResponderEliminar
  2. Foi! Até que enfim!
    Boa!
    E explico: perdi a função de comentador... comentava... clicava... e não ficava nada!
    Ficou!

    Não estranhou a minha ausência?

    ResponderEliminar
  3. Nunca vivi num aperto tão confrangedor com medo do que vai ser amanhã, mas nunca como agora fui considerada rica. Riquíssima!...

    Filhos da mãe!

    ResponderEliminar
  4. Lá diz o povo: junta-te aos bons e serás melhor que eles, junta-te aos maus e serás o pior deles!

    ResponderEliminar
  5. Fiquei contente - afinal, em Portugal, há muitos mais ricos do que eu pensava.
    Porreiro, pá!

    ResponderEliminar