quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Está lá? Daqui fala o morto!

O pastel de Belém saiu do congelador, para aconselhar os jovens a estudarem.
Subitamente voltaram a metê-lo no congelador, pelo que não teve tempo de acrescentar: estudem, porque assim obtêm mais qualificações para poderem emigrar.
Pior do que um disco riscado, só mesmo este pastel de Belém! Não podemos exportá-lo?

12 comentários:

  1. Exportá-lo? Alguém o quer? Duvido muito!

    Devia ser era chicoteado, mais quem o tem votado para todos os lugares, isso sim.

    Boa noite, sem a trovoada daqui.

    ResponderEliminar
  2. Julgava eu que o homem estava apenas a hibernar e afinal estava no congelador, o que é muito pior. Com tanto congelar e descongelar, o pastel ainda se estraga.

    ResponderEliminar
  3. O título fez-me lembrar uma comédia do saudoso Henrique Santana (de quem eu gostava muito). O que vivemos hoje neste país com este morto congelado, empalhado, embalsamado ou seja o que for, n ão é uma comédia, não senhor! É mais uma tragicomédia! E nós somos os artistas principais.

    ResponderEliminar
  4. Mas acha que algum país terceiro mundista dava meio tostão furado por ele?!? Naninananá... :P

    ResponderEliminar
  5. Meu amigo, estão mesmo fora da realidade.
    Acho que os pastéis ficam insultados com esta comparação :)

    beijinho

    ResponderEliminar
  6. Devia fazer como o Papa que perante tanto escândalo resolveu resignar!

    ResponderEliminar
  7. Esqueceu-se de nos explicar como é que estando desempregados pagamos uma propina anual de mais do que dois ordenados minimos...

    ResponderEliminar
  8. Mas há alguém que se safe neste governo?

    ResponderEliminar
  9. Pergunto-me a mim próprio porque é que o Banana Silva não diz isso ao Relvas e ao Coelho: ambos tem um curriculum académico "pouco habitual"...

    ResponderEliminar