sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Com vossa licença...

...mas depois de ler isto, só me apetece dizer que, por aquele preço, mais valia resistir um bocadinho aos instintos e, com calminha, ter contratado as putas todas de Nova Iorque para se aliviar.
Há brincadeiras que saem caro. São as chamadas brincadeiras do c%=$#%!?

Os americanos são muito mentirosos!

Enquanto o coelho da Alice continua a viver no País das Maravilhas, do outro lado do Atlântico fazem um retrato calamitoso de Portugal. Pois, eu sei, o New York Times é a filial do Avante! 

Sabes quanto vales, Pedro?


O director geral adjunto da senhora Merkel,  que se auto-intitula primeiro ministro de Portugal, disse na entrevista à TVI:
“ Por proposta minha, ficou decidido  que as regras aplicadas à Grécia serão aplicadas aos outros países sob programa ( Portugal e Irlanda)”
Admitamos que a proposta foi mesmo apresentada por Pedro Passos Coelho. Sendo verdade, a resposta acaba de ser dada por um tipo qualquer do Eurogrupo e, muito provavelmente, ratificada na próxima segunda-feira:
Sabes quanto vales, Pedrito? Vales zero!
E eu acrescento. Está a ver quanto vale ser bom aluno, Pedro? Vale zero!

No bom caminho

Quem conduz um camião, com carta de ligeiros, arrisca-se a sofrer um acidente Quem é imprevidente e confia demasiado nas instruções do pendura, arrisca-se a uma emboscada. .Auguro-lhe uma surpresa numa curva da estrada, Pedro. 

Bem vindos à Coreia do Norte


O Estado imiscuir-se na gestão contabilística das empresas privadas, já é preocupante, mas Quando a ingerência chega a este ponto, é porque estamos a aproximar-nos perigosamente de um regime totalitário.
Por este andar, um dia destes vêm as senhas de racionamento, a limitação dos papo secos e a obrigação de os comprar nas padarias do José Diogo Quintela.