terça-feira, 13 de novembro de 2012

Insiste, insiste, flecte, flecte

O FMI  não podia ser mais claro. Chama mesmo fundamentalistas aos que defendem a austeridade, mas a alimária que nos governa, cego nas suas convicções insiste.
 Depois desta reafirmação de estupidez,  do idiota que quer destruir o país, o que espera Aníbal para o demitir?
E o Paulinho, depois de tudo isto, continua a dizer que mantém a coligação por uma questão de patriotismo, quando todos já percebemos que é o apego ao tacho que comanda as suas decisões? 

Merkel e o pastel de Belém


Qual será a opinião de Merkel sobre o pastel de Belém? Pensará, como o Álvaro, que dava um excelente franchising para exportação?
Ana Sá Lopes faz uma pergunta que eu aqui já coloco há muito tempo e intriga qualquer um. A diferença é que ela é muito mais assertiva do que eu alguma vez consegui ser

A credibilidade de Portugal lá fora

- De que país vens tu?- pergunta-me ela com sotaque de East End, durante o coffee break.
- De Portugal...
- Ah, Portugal! Aquele país onde os deputados fogem dos manifestantes, os ministros têm medo de sair à rua e o presidente da república anda desaparecido? Dizem-me que é um belo país...

Prémio carreira

Paulo Rangel manifestou vontade de vir a candidatar-se à câmara municipal do Porto, mas só "quando estiver a atingir o final da carreira"
Como amigo de Paulo Rangel, aproveito para o informar que a nossa bela cidade do Porto nunca votará num candidato que a quer dirigir para receber o "prémio carreira".

A maratona

Gaspar disse falou da maratona para caracterizar a corrida contra a crise. Podia ter aproveitado para avisar Relvas que as licenciaturas não são corridas de 100 metros