quarta-feira, 5 de setembro de 2012

É hoje, é hoje!..



Faz hoje cinco anos, estava eu sentado no meu rochedo a olhar o mar,  passou-me pela cabeça criar um blog. Coisa para uns mesitos, um ano vá lá, dizia eu para os meus botões. Só para me entreter… Tá bem abelha! Já passaram cinco anos, o CR  já tem descendência e eu não desamparo a loja.
Todos os anos o aniversário costuma ser festejado com pompa e circunstância mas, este ano, imponderáveis de última hora obrigam-me a estar ausente. Logo quando o aniversário, casa com a data em que se celebra. Coisas da vida…
Deixo-vos a mesa posta, ( confesso que o bolo foi roubado, mas a crise toca a todos…) sirvam-se à vontade, mas não poderei brindar convosco presencialmente, porque hoje-  provavelmente também amanhã e não sei mesmo se nos próximos dias- até do acesso à Net estarei privado.
 A taça  à vossa saúde estará, no entanto, aqui em permanência.
Obrigado a todos por me continuarem a aturar e, enquanto eu não voltar aqui, podem passar pela filial para apreciar as belas praças enviadas pelos leitores, darem os vossos palpites e ler alguns disparates que por lá deixei agendados.
Até breve e muito obrigado pela vossa amizade e simpatia.
Tchim, tchim!

Biblioteca de Verão (23)


Um encontro entre um escritor à espera da morte e uma jornalista à procura de si própria. Uma viagem por Lisboa, Amsterdam e Jerusalém em busca de um passado. Uma escrita maravilhosa e uma história fascinante de redenção.