sexta-feira, 27 de julho de 2012

Well done, Mr Boyle!



Não foi a mais emocionante e bela cerimónia de abertura de todos os tempos mas foi, sem dúvida, aquela que, fazendo o percurso da História do país organizador, melhor nos mostrou como fomos hábeis na destruição do planeta.
 Habituado que estou a ver cerimónias onde se evoca o passado, ou o futuro, esta lembrou-nos o presente.
Que tema melhor do que revolução industrial? Que melhor peça de Shakespeare do que a Tempestade, para trazer os mais distraídos à Terra e lembrar-lhes o mundo em que vivemos?
Nos bastidores, o CR soube que a organização convidou Miguel Relvas para a figura de James Bond, mas como ele em vez de apresentar a licença de uso e porte de arma, enviou as contas de telemóvel, acabou por ser substituído por Daniel Craig.
Na cena onde se evoca a criação do Health National Service britânico, a organização ainda pensou convidar Paulo Macedo para exemplificar como é possível destruir um Serviço Nacional de Saúde. Felizmente imperou o bom senso e Mary Poppins veio salvar os doentes das garras do nosso ministro da saúde que já tinha mandado afiar os dentes para melhor desempenhar o papel de vampiro.
Quem esteve presente foi Cavaco Silva - desempenhou o papel de Harry Potter- contracenando com Miss Piggy - Maria.
Muito bem conseguido, foi o desempenho de  Passos de Coelho. Inicialmente convidado para  figurante de "Alice no País das Maravilhas", acabou por emprestar a sua voz de barítono , fazendo-se passar por Paul Mc Cartney. O mundo inteiro acreditou que era o ex-Beatle, mas foi enganado!
Parece que depois houve um desfile com bandeirinhas, mas desses eu já estou farto. As televisões brindam-nos todos os dias com o desfile de uns imbecis de bandeira na lapela e para vómito isso já me basta.
Tenham um bom fds

Adenda:  a cerimónia de ignição da chama olímpica foi espectacular! Aconselho a quem não viu em directo, que não perca o diferido.

O espectáculo vai começar...




“Instalou-se hoje  a controvérsia nos Jogos Olímpicos de Londres acerca do resultado da Maratona, quando a rainha ofereceu uma taça especial de ouro a Dorando Pietri. O maratonista cortou a linha da meta em primeiro lugar, mas foi desclassificado após ter recebido assistência médica devido a exaustão, durante a volta final ao magnífico estádio de White City. O estádio também albergou a modalidadede natação numa piscina temporária construída especialmente para o efeito.”
Esta é uma notícia de agência  sobre os Jogos Olímpicos realizados em Londres em 1908. Foi a quarta edição dos JO da era moderna, rotulada  como sucesso extraordinário, apesar de algumas controvérsias entre americanos e ingleses por causa das…arbitragens!
Participaram nessa Olimpíada mais de 2000 atletas, competindo em 21 modalidades merecendo especial destaque o facto de, pela primeira vez, as provas de natação se realizarem numa piscina e não no alto mar.
Terá início hoje, na capital inglesa, a XXX Olimpíada da Era Moderna ( na realidade será a XXVIII, porque a VI que se deveria ter realizado em Berlom (1916) e  a XIII, que deveria ter sido realizada em Londres em 1944 foram canceladas por causa da I e II Guerra Mundial).
De qualquer modo, é a terceira vez que os JO se realizam em Londres ( 1908, 1948 e 2012), prevendo-se que assistam à cerimónia de abertura cerca de 4 biliões de pessoas!. 
Este ano estarão presentes mais de 10 mil atletas de 192 países e 13 territórios, que competirão em 29 modalidades.
Até final de Agosto  escreverei aqui sobre  alguns factos e figuras que marcaram as Olimpíadas da Era Moderna. 
Na filial, as estórias serão outras, como poderão constatar...

E de manhã. ao acordar...

O regresso não foi assim tão idílico como a canção e o despertar até foi algo penoso, mas é bom estar de novo convosco.