terça-feira, 17 de julho de 2012

Os espanhóis não lhes dão descanso...


Em Espanha as manifestações dos funcionários públicos são diárias e o Parlamento está sob escolta, para evitar distúrbios. A manif oficial dos funcionários públicos- que se prevê grandiosa- está, porém, marcada apenas para a próxima quinta-feira. Será uma das mais de cem manifestações previstas até final da semana, em protesto contra as medidas de austeridade anunciadas por Rajoy

Foi assim, não foi?

Se bem percebi, durante um curto debate na RTP Internacional, os juízes do TC consideraram inconstitucional o corte de subsídios a funcionários públicos e reformados mas, em defesa dos interesses do país, não exigem que o governo restitua os montantes roubados em 2012.
Ou seja, é como se um tribunal acusasse um grupo de assaltantes de caixas multibanco, mas não exigisse a devolução do dinheiro, para defender os direitos adquiridos pelos criminosos.
Ao que me parece, o TC também admite que os cortes deixarão de ser inconstitucionais, desde que sejam aplicados a todos os portugueses. Terei percebido bem? Para o TC o crime deste governo reside no facto de ter apenas roubado os funcionários públicos e não todos os portugueses?
É que se assim for, talvez um grupo de assaltantes de caixas multibanco possa ser absolvido dos seus crimes, se se dedicar também a assaltar gasolineiras, supermercados, estabelecimentos comerciais, bancos e residências particulares. Daí, o que recomendo aos criminosos é que não se especializem e optem por ser generalistas...
ADENDA: Obrigado à Teté pelo esclarecimento que fez no comentário ao meu post sobre a licenciatura de Relvas. Não tinha percebido que a pouca vergonha da licenciatura era tão grande! Fui procurar melhor na internet e parece que o homúnculo só fez 4 cadeiras! Agora, a minha pergunta, é: o que terá recebido a Lusófona ( ou o seu Reitor...) em troca? E, já agora, como estão a reagir os alunos da Lusófona?

Lembranças de férias para o governo (6)

Esta cinta adelgaçante é para a Assunção Cristas. Já repararam como ela engordou desde que foi para o governo? Não precisa de agradecer! Este presente é um bocado egoísta... Eu prefiro o seu look pré governação, sabe?