sexta-feira, 2 de março de 2012

A minha gargalhada de desprezo

Proponho que, em vez de manifs com slogans de protesto, os portugueses mudem de estratégia.  Organizem-se  e, cada vez que encontrem um membro do governo,  saúdem-no  com um coro de gargalhadas. Não há nada mais eficaz para ridicularizar alguém que detestamos, do que enfrentá-lo com uma sonora gargalhada.

Cá se fazem, cá se pagam...

Em Novembro de 2010, a câmara municipal de Aveiro, de maioria CDS, apresentou uma queixa em Bruxelas contra a introdução de portagens nas SCUT. O objectivo era fragilizar o já desgastado governo de Sócrates.
Hoje, a Comissão Europeia considerou essa cobrança ilegal e ameaça o governo PSD/CDS com uma queixa no Tribunal de Justiça da União Europeia por violação de normas do direito comunitário.(Ler aqui)
Uma boa notícia para os utilizadores das SCUT, com efeito boomerang no actual governo. É caso para dizer : "Cá se fazem, cá se pagam".

Quantos são, quantos são?

Ando há uns dias a magicar sobre as contas do desemprego. Lembro-me do tempo de  Sócrates, quando desemprego  ainda não tinha atingido os dois dígitos, de ler nos jornais que o número de desempregados estava próximo dos 700 mil. Número corroborado à exaustão em blogs de gente hoje repimpada à sombra do Relvas, que recorria  sistematicamente à comparação entre a  promessa de Sócrates criar 150 mil empregos e o aumento do número de desempregados, para demonstrar que o homem era um mentiroso.
Quando o desemprego começou a subir, graças à acção do Coelho salvador, pensei que rapidamente o número de desempregados tivesse atingido 1 milhão. 
Estranhamente, apesar  de a taxa de desemprego ter disparado para 14,8%, o número de desempregados anunciados na comunicação social continua apenas próximo de atingir 800 mil. Quanto aos blogs dos amigos do Relvas, nem uma palavra sobre o assunto...
Fiquei esclarecido quando li esta explicação do Daniel Amaral. Afinal, já ultrapassámos largamente 1 milhão de desempregados.
 Como já desconfiava, e os leitores podem confirmar se relerem este post sobre os manipuladores, estando o INE sob a alçada de Relvas, o aumento do desemprego será sempre uma vitória para o governo

A ministra lê o CR

Já aqui tinha feito a sugestão à ministra da justiça. Hoje, ela anunciou a decisão  óbvia. Será que Paula Teixeira da Cruz lê o CR?

Conversas com o Papalagui (62)

- Ouvi dizer que não gostas nada de Mulheres de Ferro, tuga
- Pois não. 
- Mas porquê? Não gostas de mulheres com personalidade?
- Não é nada disso papa...Só que as prefiro de oiro.
- Ah! estou a perceber... com a crise, se tiveres problemas, sempre as podes pôr no prego, não é?

Duetos (17)