terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Ora bolas!

Tanta Fé e vão  ser obrigados a  admitir que afinal o povo é que tem razão quando diz " O homem põe e Deus dispõe".

Diz-me, Álvaro... de que te ris?

Sorridente, Álvaro olha para a objectiva. Mas ri de quê? ( foto JN)

O desemprego já atingiu números históricos, mas vai continuar a aumentar em 2013 ( embora PPC tenha dito este fim de semana que no segundo semestre diminuiria);  a recessão continua a aumentar; a miragem do défice nos 4,5% no final do ano só será atingida, se forem aplicadas mais medidas de austeridade. 
No entanto, a avaliação da troika, segundo Vítor Gaspar foi positiva. Só apetece fazer ao sorridente ministro Álvaro a pergunta que se faz à hiena: Afinal ri de quê?

Ano Europeu do Envelhecimento



Decorre esta tarde, no cinema S. Jorge, a abertura do Ano Europeu do Envelhecimento Activo.
Embora não conste do programa, o CR sabe que o discurso de abertura será feito pelo deputado do PSD Duarte Marques, presidente da JSD.
 De acordo com Miguel Relvas, a escolha justifica-se porque Duarte Marques, apesar daquela aparência jovem, é o deputado mais velho de todos os que diariamente se sentam nas tribunas de S. Bento.

A gripe P

No Outono de 2009, era a grande estrela da comunicação social. Diariamente surgiam números alarmantes, prevendo milhares de mortos. Houve uma histeria colectiva, a OMS falou de pandemia, multiplicaram-se os avisos para evitar a calamidade, gastaram-se fortunas em campanhas mas, felizmente, o número de  vítimas mortais foi sensivelmente igual ao dos anos anteriores. Os cofres dos laboratórios é que ficaram mais cheios...
Este ano, durante o Inverno- especialmente em Fevereiro-  registou-se um aumento anormal do número de óbitos, especialmente em idosos. Ao que parece, a causa terá sido uma gripe de que ninguém ouviu falar. Não se viu uma campanha, não se ouviu  um alerta especial, para que fossem tomados cuidados com esta gripe, mas ela aí está, mortífera como nenhuma outra.  Talvez seja a gripe I ( de  indiferença) ou a gripe C (de crise).
Há ainda a hipótese de ser a gripe P (de pobreza) criada no laboratório de S. Bento, pelo Relvas 4x4, para que não se fale disto

O castigo

S. Pedro deve ter ficado chateado comigo ontem e, vai daí, hoje castigou-me.Troco a possibilidade de ter  uma manhã esplendorosa à beira-mar para cumprir deveres profissionais e Lisboa  recebe-me envolta num manto de nevoeiro. Ora bolas!

Duetos (14)