segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Ela sabe do que fala...

"O modelo conservador que levou nosso país à estagnação, à perda de espaço democrático e soberano, aprofundando a pobreza, o desemprego e a exclusão hoje está sendo proposto novamente para a Europa"
Estas palavras foram proferidas por Dilma Roussef durante o Forum Social Mundial.( Ela também não vai com a cantilena de Davos). 
A cabrinha alemã - interessada em fomentar uma guerra na Europa para a dominar - e o coelhinho aldrabão, que lhe anda sempre a lamber a cueca, não prestaram atenção, porque ela anda a experimentar os Panzer e ele a pedir-lhe encarecidamente ser nomeado cônsul da Lusolândia.

O meu país inventado*


Nas últimas noites sonhei que os jornais acabaram e as notícias passaram a circular apenas via mail.
Ao fim de três noites, cheguei à conclusão que só saber notícias esporadicamente, através de e-mail, tem as suas vantagens. A partir de determinada altura passamos a perceber  que não são verdadeiras, mas sim conteúdos produzidos numa qualquer agência humorística ao estilo “5 para a meia-noite”, ou similar, com o objectivo de nos fazerem rir.
Assim se compreende, por exemplo, um mail sobre  os delírios do Álvaro acerca do franchising dos pastéis de nata e dos frangos de churrasco. A piada nem é nova, mas não deixei de dar uma bela gargalhada, como acontece quando leio algumas anedotas por vezes  com barbas, mas de que já me esquecera.
Há dias recebi  uma história de muito mau gosto, respeitante  a Cavaco. Lembro-me de ele ter criticado o corte nos subsídios de Natal e de férias, por considerar que eram contra a equidade e a ética social e, salvo erro, até considerou isso inconstitucional. Não posso deixar de me insurgir, por isso , contra  o autor de um mail que recebi no sonho de ontem, onde se dizia que Cavaco tinha deixado de fazer críticas, porque iria receber esses subsídios.  Estes mails pondo em xeque a figura de Cavaco revelam intolerável má-fé. Alguém acredita que o PR fosse capaz de receber  esses subsídios, sabendo que seria uma iniquidade? Francamente….
Ainda em relação ao PR um outro mail dizia que o homem de Boliqueime teve um deslize. Não me digam que largou uma bufa na reunião com a Merkel! Mas se foi isso também não terá havido grande problema, porque a mulher cheira mal que tresanda...
Mais piada têm outros dois mails sobre nomeações de bois do PSD e do CDS. Um deles diz respeito às nomeações para a EDP. Aqui já devo parabenizar os autores  pela sua criatividade. Nunca me passaria pela cabeça  tentar convencer alguém que  Eduardo Catroga, o Senhor dos Pintelhos, tinha sido nomeado pelos chineses para a EDP!  Sabem o que respondi a quem me enviou este mail? Só se fosse  para ligar os interruptores, porque o homem já está senil. Não tanto como o Rocha Vieira, ex-governador de Macau, igualmente incluído neste rol de nomeações com nomes absurdos, mas que me provocaram uma boa gargalhada. O Rocha Vieira na EDP? Essa é mesmo boa, malta!
Igualmente hilariante é o que me informa que um presidente de câmara do PSD, com um calote à Águas de Portugal, foi nomeado para presidente do Conselho de Administração  da empresa a quem não pagou! Apesar de inverosímil - uma nomeação dessas seria  equivalente a nomear  Oliveira e Costa ou Dias Loureiro  para governador do Banco de Portugal, ou Vale e Azevedo para o Supremo Tribunal de Justiça - a piada é impagável.
No âmbito do humor negro, está aquele mail em que se garante que a Segurança Social enviou 34 mil cartas a mortos, pedindo-lhes a devolução de dinheiro abusivamente recebido. Só faltou ao autor desta piada  infeliz  dizer que lhes estavam a pedir o reembolso do subsídio de funeral!
Com menos piada, mas igualmente inverosímeis, são os mails que visam denegrir Braga de Macedo. Um homem tão respeitável e com um curriculum invejável não ia sujar-se para pagar a promoção da filha com dinheiros públicos. Os mochos são animais decentes, porra!
Também não acredito nessa treta de que  a madama  Catherine Monteiro de Barros deu o golpe do baú, provocando a explosão da  central nuclear Papo d’Anjo com quatro milhões de dívidas. Gente séria e com pedigree não se comportaria assim. Os pobres é que são caloteiros, ómessa!
Mas, para além destes mails humorísticos, recebi um outro que tem toda a credibilidade e é merecedor dos meus mais fartos aplausos: António Barreto, numa demonstração de coerência que só o enaltece, demitiu-se da Fundação Manuel do Santos, alegando não poder pactuar com a deslocalização do Pingo Doce para a Holanda, por ( passo a citar)  “isso ferir  no meu âmago a ética e a postura de civismo e urbanidade por que sempre pautei a minha vida, em defesa dos supremos interesses do meu país, os quais me recuso a renegar".   É de homem! O grande mentor da destruição da Reforma Agrária penitencia-se assim da fraude que foi enquanto ministro da agricultura. Parabéns, António Barreto! (E agora não me venham dizer que este mail é aldrabice, está bem?)
Estranho é constatar, nestas deambulações oníricas a inexistência de notícias do governo do meu país, o que  me leva a pensar que o Coelho também emigrou a reboque do Portas e já arranjou um tacho ao lado do Barroso. Estará Portugal a ser agora governado por uma trupe circense, dirigida por  Relvas y sus muchachos? Deve ser isso… afinal o Francisco José Viegas que foi secretário de estado da cultura e passou a assessor do Coelho depois de ter acabado de vez com a cultura, tem perfil para exercer como palhaço e o Portas  fica bem  no gabinete da Popota que, segundo me disseram noutro e-mail, agora é directora do jornal Metro! Por este andar, o Carlos Abreu Amorim ainda acaba como ministro da Informação e Propaganda.
Esperem aí, acabo agora mesmo de receber outro mail, dizendo que o Mozart está em S. Bento! Isto está tudo doido, meus amigos. Não tarda nada, ainda recebo um mail com o Mozart de avental, a preparar um estufado de coelho na cozinha de Belém!
Passem bem e continuem a ser felizes. Recomendações ao Boca de Brioche  e salvem a Madeira. Se o caruncho quer a independência, façam uma manif de apoio.

*Título roubado a Isabel Allende