quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Eles não dão ponto sem nó...

Depois da Tecnoforma a Prosegur?
Dizem que é um negócio com futuro...

5 comentários:

  1. Ainda há quem acha que "é capaz de ser" eheheheh

    A maior prova que a vídeo-vigilância não serve para os papos que ouvimos sair das bocas imundas das autoridades é, tão só e apenas, a assustadora cidade de Londres...

    Basta ler os dados oficiais e oficiosos, que está lá para quem quiser ler e ficar a saber!

    MAIS UM RICO NEGÓCIO... ISSO SIM...

    Mas estou para ver a posição das farmácias... Andam sempre a chorar devido aos custos disto e daquilo, até estou para ver o que acham desta IMPOSIÇÃO ESTATAL da vídeo-vigilância!

    Mas como em tantas outras coisas, a MANADA adora fazer o papel de Anjinhos... E que assim continuem por muitos e bons anos! Pelo menos não há ainda (muito) sangue nas ruas!

    Abraços

    ResponderEliminar
  2. Claro que não! Dão logo dois ou três...

    ResponderEliminar
  3. Já não digo nada, mas a mim não "cheira" tanto a negócio. Acho que é preocupação a mais com a segurança.Por que razão é que estes tipos têm tanto medo?

    ResponderEliminar
  4. Essa moda das câmaras também pegou por aqui, Carlos.
    O tal Big Brother.
    Que dá negociata a uns amigalhaços.
    Só vantagens, não é??

    ResponderEliminar