quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Doença de Alzheimer é contagiosa?

Não sou cientista nem bruxo, mas tenho a impressão que um dia destes alguém vai descobrir que a doença de Alzheimer é contagiosa e o vírus está alojado na S. Caetano à Lapa. Senão vejamos:
- O Relvas esqueceu-se que afinal não tinha o 2º ano de Direito e vive na ilusão de ser licenciado numa coisa qualquer; depois de ameaçar Helena Roseta com um processo por causa da Tecnoforma e do programa Foral, esqueceu-se de avançar. A amnésia   terá acontecido quando o "Público" começou a divulgar a rede e teia de interesses que ele alimentava quando era secretário de estado de...Durão Barroso.
- O Coelho  esquece-se todos os dias do que disse na véspera; esqueceu-se de declarar, enquanto deputado, que pertencia ao conselho de fundadores da CPPC, uma ONG financiada pela Tecnoforma e por ele criada; esqueceu-se, aliás, de tudo o que diga respeito a estas duas organizações que se amanhavam com fundos europeus. Baralhou-se, inclusivé, com as datas em que trabalhou na Tecnoforma;
- O Ângelo Correia e o Marques Mendes também se esqueceram que foram fundadores da CPPC;
- Marques Mendes esqueceu-se mesmo que um dos donos da Tecnoforma ( João Luís Gonçalves) era secretário-geral do PSD quando se candidatou à presidência do PSD. Não é por isso de estranhar, que se tenha esquecido que o empresário/secretário-geral do PSD apoiou a sua candidatura à liderança do PSD, cedendo-lhe material de escritório, mobiliário, equipamento informático e até viaturas.
- Fraústo da Silva não se lembra se PPC teve alguma ligação à Tecnoforma;
- Júlio Castro Caldas ( ex-bastonário da Ordem dos Advogados e ex- deputado do PSD) diz que pediu a Ângelo Correia e Marques Mendes opinião sobre a CPPC e  garante que ambos- embora não se lembrem de terem sido fundadores- deram uma opinião favorável;
- João Luís Gonçalves - que fez parte da direcção da CPPC- não se lembra do que a organização fazia;
- A mesma falta de memória afectou Luís Carvalho ( presidente do Conselho Fiscal);
- Vasco Rato esclarece que as actividades da CPPC são públicas e "já viu este filme" ( Não esclarece, no entanto, qual o título);
- Isaltino Morais, Dias Loureiro, Oliveira e Costa e Duarte Lima sofrem de amnésia selectiva em relação a casos como o BPN, colocação de dinheiro em off shores, ou diversos crimes de que são acusados e -  no caso de Isaltino- condenados pela justiça.
Perante a perda de memória colectiva no PSD  ( outros casos virão a lume proximamente) seria de esperar que Aníbal Cavaco Silva agisse em conformidade, mas tal não acontecerá porque:
1) Já se esqueceu que é presidente da República;
2) Já se esqueceu que jurou cumprir e fazer cumprir a Constituição;
3) Não faz a mínima ideia o que é essa coisa do BPN;
4) Não se lembra das suas relações de amizade com Oliveira e Costa, Dias Loureiro, nem de os ter convidado para o seu governo ou para conselheiros de estado.
Perante tudo isto, justifica-se que o país esteja a ser governado por estrangeiros, mas não se compreende a razão de esta malta toda, MUITO HONESTA, não estar toda interditada e impedida de exercer cargos públicos, por privação das suas capacidades mentais.
Façamos por isso uma petição à Direcção Geral de Saúde, pedindo o encerramento da sede do PSD e suas distritais, pois suspeita-se que o vírus da doença de Alzheimer já tenha atingido aquelas estruturas.

3 comentários:

  1. Não, a doença não é contagiosa.
    O que se propaga e com muita facilidade é a estupidez, a cretinice.

    Remeta-se o assunto ao Sr. Francisco George, para análise.

    ResponderEliminar
  2. Somos todos muito esquecidos... A grande parte deste povo até já se esqueceu que viveu 48 anos em ditadura e que as pessoas sofreram aquilo que nem é bom lembrar (ora aí está...) e estão desertinhos de se meterem debaixo da canga de um burro 8digo, coelho) qualquer que mande neles e lhes dê "porrada na garupa".

    Ai Portugal, Portugal...

    ResponderEliminar