quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Azáfama natalícia


Não é só o governo que anda numa azáfama para vender tudo o que puder até ao final do ano, de modo a poder mascarar o défice. Também eu estou a  sofrer da sempiterna síndrome de Dezembro: menos trabalho, mas muitos compromissos sociais. Mais até do que habitualmente.
Todos os dias há um almoço ou jantar de Natal, o lançamento de um livro, uma vernissage de final de tarde, uma assembleia geral de uma associação de que faço parte,  o encontro com um amigo de velha data que veio passar o Natal, ou o trabalho de voluntariado.
Ainda faltam alguns dias para o Natal e já estou estoirado, a precisar de férias, de mudar de ares. Como sempre, anseio a chegada do dia 26.
Em tempo: nos próximos dois dias, espero visitar todos os vizinhos do blogobairro, para lhes dar as saudações natalícias, mas na sexta-feira faço as despedidas formais até ao próximo ano.

4 comentários:

  1. Sorte a sua...
    Os meus compromissos
    São cumpridos
    Na rua!

    ResponderEliminar
  2. Cansado e farto, ando eu, Carlos. Tão cansado e tão farto que ultimamente nem tenho escrito nada. Só me dá vontade de gritar que isto já ultrapassou todas as medidas. Tu, pelos vistos, andas numa "boa" e ainda te queixas.
    Bom e antes que me esqueça, aproveito já para te desejar Boas Festas e um ano de 2013, o melhor que puder ser. Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Este ano vai ser uma Quadra triste, o primeiro natal sem o meu pai a acrescer tristeza geral em que o país está mergulhado...enfim, já tive melhores dias.
    Boas Festas para si e todos os seus. Beijinho.

    ResponderEliminar
  4. È verdade, anda tudo numa roda-viva com almoços e jantares e mais não sei o quê! Antes assim, é sinal que se se tem amigos... :)

    A blogosfera já se sabe que vai ficar às moscas! :D

    ResponderEliminar