sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Afinal Gaspar tinha razão?

Anda por aí muita gente preocupada com o fim do mundo no próximo dia 21. Penso que é uma boa notícia (pelo menos para Vítor Gaspar) pois confirma que  tinha razão quando anunciou, em 2011, que a crise terminaria no segundo semestre de 2012.
 Pena é que, mesmo confirmando-se as previsões do nosso Salazar do século XXI, Portugal não possa regressar aos mercados em Setembro de 2013. 
Partindo do princípio que os mercados continuarão a funcionar na vida extra terrena ( Gaspar acredita nisso, porque para ele os mercados são a única forma de vida) o regresso nunca ocorrerá no ano 2013, mas sim no ano 1 da Nova Era, próspera e viçosa, que o governo nos vem anunciando desde que tomou posse.
Ainda que o mundo não acabe em 21 de Dezembro, poderemos chegar à Terra Prometida no dia em que Cavaco promulgar o OE 2013. E pode muito bem ser no dia 21!

4 comentários:

  1. Juntas de Freguesia

    escolas de virtudes

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. O Gaspar é um génio incompreendido, Carlos :)))
    Aquele abraço e votos de bfds

    ResponderEliminar
  3. Quando li a pergunta "Afinal Gaspar tinha razão?" e ainda sem ler o texto do Carlos, apeteceu-me dizer "que raio, Gaspar tem sempre razão!!!"
    Lido o texto, fiquei a pensar e concluí que afinal o homem (Gaspar) anda mesmo na Lua.

    Donde, a rectificação que se impões: Gaspar não tem sempre razão. E mais, Gaspar nunca tem razão.
    Engraçado como, de um momento para o outro se muda de opinião.

    Nota: nota-se da minha parte uma ironia todo-o-terreno. É mesmo. Ironia.
    Gaspar nunca foi flôr que se cheire.

    ResponderEliminar
  4. O fim do mundo ou a chegada à tal Terra Prometida vem quase a dar no mesmo.

    ResponderEliminar