quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Flores de estufa


Este governo está cada vez mais parecido com uma florzinha de estufa.
Há dias, na AR, PPC ficou muito enxofrado por Seguro o ter acusado de ir até Bruxelas para entrar mudo e sair calado e disse que isso era um insulto.
Ontem, Vítor Gaspar considerou insultuoso o facto de um deputado lhe ter dito que está a defender os interesses da Merkel.
Hoje, um tipo qualquer foi a tribunal por ter exibido um cartaz a Relvas onde se lia " Bem vindo excelentíssimo senhor doutor Angola gosta do senhor"
Ainda bem que o Ministério Público arquivou o processo de um  estudante que insultou a mãe do nosso primeiro, caso contrário, teríamos assistido à abertura de um processo aos polícias que ontem, durante a manif, exibiam um cartaz onde se podia ler: " Em 74 foram  militares, em breve seremos nós".
É que, ao contrário dos outros, este cartaz é uma ameaça sem qualquer fundamento.

10 comentários:

  1. Se já não se podem dar as "boas-vindas" a Relvas a "coisa" está a ficar preta.

    ResponderEliminar
  2. Pena é que seja mesmo uma ameaça sem fundamento...

    ResponderEliminar
  3. Com tanto melindre, cá para mim eles não andam a ficar só florzinhas enxofradas...devem é andar a ficar acagaçados!

    A noticía que eu ouvi hoje sobre o processo do jovem estudante ter sido arquivado, ficou a dever-se à extrema boa vontade do nosso magnânimo PM em não ter apresentado queixa!!

    Ainda querias melhor?? :-))

    ResponderEliminar
  4. É o medume a falar mais alto! E com tanta insensibilidade que tem ditado tanta asneira, até têm alguma razão para ter medo... :)

    ResponderEliminar
  5. Se isto continua assim, um dia destes alguém dá um tiro num membro do governo, eu só tenho a dizer uma coisa, espero que seja certeiro.

    ResponderEliminar
  6. Que bem dadas eram umas boas "chapadas" naquele cara de cu...

    ResponderEliminar
  7. Ambiente irrespirável, Carlos.
    E não me estou a referir a Macau.

    ResponderEliminar
  8. Já não sabem o que fazer.

    A ameaça não tem fundamento, Carlos?
    A ver vamos e, por isso, não devemos perder os próximos episódios.

    ResponderEliminar
  9. exactamente..sem fundamento....é para tirar nabos da púcara.

    ResponderEliminar
  10. exactamente..esse "sem fundamento"....é só para tirar nabos da púcara, para saber o que vai acontecer...

    ResponderEliminar