sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Onde está a geração à rasca?

Em Março de 2012, um grupo de pessoas organizou uma manifestação gigantesca contra Sócrates, impulsionado por uma canção dos"Deolinda".
Muitos desses participantes terão ontem voltado à rua para protestar  contra o governo dos apóstolos da troika,Pedro e Paulo.
Quanto a muitos dos promotores, que na altura optaram por uma postura discreta na acção de mobilização, hoje são deputados, estão em conselhos de administração de empresas ou em gabinetes ministeriais desempenhando cargos que vão de chefes de gabinete a secretárias, passando por assessores e especialistas. Custam ao erário público- ou seja, ao contribuinte- cerca de 10 milhões de euros. Ontem, enquanto decorriam as manifestações estavam na praia ou sentados nos sofás a ouvir os Deolinda e a gozar com o pagode, entoando "Que parvos que eles foram".

4 comentários:

  1. Sem dúvida...No FB até perguntei o que era feita dos homens da luta...

    ResponderEliminar
  2. Ahahaha! Conseguiram enganar toda a gente!
    Informaram-me por e-mail que os Deolinda vão atuar aqui no dia 25 deste mês. Que fama! : )

    ResponderEliminar
  3. Sempre tive a sensação que muitos dos 'homens da luta' eram uns fdp. Rima e tudo.

    ResponderEliminar
  4. Não devem estar a viver do RMI nem do subsídio de desemprego...

    ResponderEliminar