quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Não se iludam...

Os funcionários públicos, reformados e pensionistas que foram espoliados dos subsídios de férias e Natal exultaram com a decisão do Tribunal Constitucional.
Hoje, ao lerem esta notícia do i, alguns mais ingénuos terão suspirado de alívio e pensado que em 2013 terão os seus salários de volta.
Não se iludam! Os funcionários públicos e os reformados são os maiores inimigos deste governo, onde não faltam artistas capazes de driblar a decisão. Quando em Outubro for aprovado o OE para 2013, vão ver como o governo é expedito em matéria de gamanço! 
Contem, pelo menos, com mais 10% de redução nos vossos salários ( já ninguém se lembra que Sócrates cortou "temporariamente" os salários em 2010, pois não?). Depois, quem tiver casa própria, conte com um agravamento do IMI na ordem dos 100% ou...mais! E quanto às contas da luz, água e gás, esperem pela volta!
Isto é como no mundo do crime... quando os governos aprovam leis para combater a fraude, já os prevaricadores encontraram novos estratagemas para ludibriar os consumidores. E esta gente sabe muito bem como funciona o mundo do crime, porque não há nada melhor para um partido do que ter conselheiros do gabarito de Oliveira e Costa,  Duarte Lima et tutti quanti

7 comentários:

  1. Se não for como disse, será de outra forma
    Cada um se pergunte para onde foi sua reforma

    Eu aposto que os credores estão contentes e descansados
    e os actos desde governo serão falados e gabados

    ResponderEliminar
  2. Faço parte dos espoliados.
    O termo "temporaiamente" serve como anestesia das massas e é tão eficaz que estas nunca mais acordam.

    Lídia

    ResponderEliminar
  3. Estou no grupo dos que foram roubados "constitucionalmente por um ano". Agora que o gasparzinho está à rédea solta, deve congeminar a melhor forma de continuar o roubo. Virá um imposto extraordinário, mais uns roubos aos mesmos de sempre...só não vem é um raio que parta todos estes fulanos.

    ResponderEliminar
  4. Nunca se viu tanto oportunismo, vigarice e falsidade como nos últimos anos.
    É fartar vilanagem. É tudo igual ao litro!
    Abraço Carlos

    ResponderEliminar
  5. Carlos,
    Não tenho dúvidas que o Estado tem que ir buscar essa receita.
    O próprio PPC o afirmou.
    Onde?
    Provavelmente onde o Carlos diz.

    ResponderEliminar
  6. felizmente ninguém está iludido... Referente a Julho de 2012:

    26.7% vota PSD nas legislativas
    e
    25.8% vota PS nas legislativas
    e
    4.4% vota CDS nas legislativas

    TUDO CONTINUA BEM...

    ResponderEliminar