terça-feira, 31 de julho de 2012

As primeiras notícias vieram de Atenas


                            Estádio Olímpico de Atenas 1896: especialmente curiosa a sua forma em ferradura


O Barão Pierre de Coubertin, responsável pelo ressurgimento dos Jogos Olímpicos, pretendia que os I Jogos se realizassem em Paris, em 1900,  mas várias circunstâncias levaram a que se realizassem em Atenas em 1896.
Participaram apenas 10 países e a  primeira medalha de ouro foi  atribuída ao vencedor do triplo salto - o americano James Connoly ( não confundir com o líder nacionalista  irlandês, que seria uma das mais destacadas figuras da esquerda revolucionária europeia no início do século XX).
Uma organização atamancada  e à pressa, poderia ter condenado a realização de edições futuras mas, ao invés, a organização dos Jogos tem sido cada vez mais aprimorada e cuidada ao milímetro.
Um dos exemplos do improviso que rodeou os JO de Atenas, de 6 a 15 de Abril de 1896, foi a forma como alguns atletas se inscreveram. 
O caso mais singular foi protagonizados pelo australiano Edwin Flack. Funcionário de uma empresa inglesa, foi passar férias a Atenas, tendo decidido – já depois de lá chegar- inscrever-se nas provas de 800 e 1500 metros. Venceu as duas, arrecadando igual número de medalhas de ouro.

1 comentário:

  1. Às tantas, Carlos, não sei se não optaria pela espontaneidade da primeira. Os resultados, até pelo exemplo referido, eram capazes de ser bem mais genuínos do que actualmente. Por exemplo, "doping" muito provavelmente não havia.

    ResponderEliminar