sexta-feira, 22 de junho de 2012

Pragmatismo

Logo pela manhã, pedem-me um palpite sobre o Alemanha -Grécia. Respondo sem hesitar:
- Ganha a Alemanha. 
- Não dá nem chance para a Grécia, cara?- insiste o repórter
- Eu dou, o Platini é que não! Não foi ele que disse que a final ia ser Espanha -Alemanha?

8 comentários:

  1. Pode ser que o Platini não seja assim tão influente; hoje, apesar de tudo o favoritismo é todo para a Alemanha, mas...

    ResponderEliminar
  2. Não sei, não sei. O resultado é imprevisível: A Grécia joga sem Clístenes e a Alemanha sem Marx...

    ResponderEliminar
  3. Esta noite vou perder o Te Deum de Antonín Dvořák por causa do jogo Alemanha-Grécia, a minha amiga Christa não me vai perdoar.

    Foi um milagre do Zeus, que uma equipa fraca como a da Grécia chegasse até aqui, por isso, o jogo desta noite é demasiado excitante para eu ir assistir a um concerto.

    A final PORTUGAL-Alemanha é o meu sonho!!!

    ResponderEliminar
  4. Bom, devo dizer que se a Alemanha ganhar, o resultado não será grande surpresa! Mesmo assim, gostava mais que fossem os gregos a vencer... :)))

    ResponderEliminar
  5. CARLOS, torço por Portugal e pela Espanha. Se não for um a ganhar, que seja o outro.

    ResponderEliminar
  6. O Carlos até já sabia, que a Grécia morria às mãos da Alemanha nos quartos!!!

    ResponderEliminar