segunda-feira, 25 de junho de 2012

Ar condicionado




Eu sei que os romanos já conheciam o ar condicionado. Utilizavam uma técnica artesanal que consistia em fazer circular, nas paredes das casas, a água fresca dos aquedutos. 
Porém, só em 1902 o ar condicionado moderno foi dado a conhecer ao mundo. O responsável pela invenção foi o americano Willis Carrier que, nesse ano, apresentou em Buffallo o primeiro aparelho que permitia o arrefecimento de ar por meio de serpentinas frias,  por onde circulava água. 
Refira-se que a invenção de Willis Carrier não teve desde logo aplicação nos lares. Era usado nas fábricas para regular a temperatura nos dias mais quentes e aumentar a produtividade dos trabalhadores. Só muito mais tarde viria a ser introduzido nos lares, tendo a sua massificação correspondido ao período de explosão da sociedade de consumo que se iniciou nos Estados Unidos nos anos 40 e em Portugal, depois do 25 de Abril.
Responsável por muitas das minhas alergias e pelo meu afastamento das salas de cinema, centros comerciais e outros lugares onde é usado para inverter as estações do ano, em termos climatéricos, o ar acondicionado não faz parte da minha lista de grandes invenções do século XX.
Nunca me senti confortável  numa sala de cinema ou num restaurante onde tenha que vestir um agasalho no Verão para suportar as baixas temperaturas interiores, ou me tenha de despojar de agasalhos para aguentar o calor.
Em muitos países, estão reguladas por lei   as temperaturas máximas(Inverno) e mínimas (Verão)  a que deve obedecer o ar condicionado em locais públicos. Uma medida que apoio não só por questões de saúde, mas também ambientais. 
A indústria  também se tem preocupado com as questões ambientais, concebendo aparelhos cada vez mais sofisticados, quer em termos de eficiência energética, quer  de impacto ambiental, reduzindo a emissão de CO2. No entanto, ainda está muito longe de produzir um aparelho que seja ambiental e energeticamente eficaz. E que evite alergias…
Por isso, continuo a preferir o método dos romanos. Mais amigo do ambiente e bastante eficaz. Mesmo no carro, onde raríssimas vezes utilizo o ar condicionado, porque prefiro a climatização natural.

10 comentários:

  1. Acredite no que lhe digo, as suas alergias não são propriamente devidas ao ar condicionado, são sim devidas aos sistemas de ar condicionado com serviços de manutenção extremamente deficientes, e também a projectos muito mal concebidos. É que bom projecto e uma boa manutenção tem de ser paga, e já sabemos do que a casa gasta nesse particular....:)))

    ResponderEliminar
  2. Vinha aqui para dizer mesmo muito mal do ar condicionado, mas o Carlos pensa como eu:

    "Responsável por muitas das minhas alergias e pelo meu afastamento das salas de cinema, centros comerciais e outros lugares [como nos transportes públicos]onde é usado para inverter as estações do ano, em termos climatéricos, o ar acondicionado não faz parte da minha lista de grandes invenções do século XX."

    ERA ISSO MESMO O QUE EU QUERIA ESCREVER!!!

    ResponderEliminar
  3. Não acredito que na Alemanha os sistemas de ar condicionado tenham serviços de manutenção extremamente deficientes, e também aqui tenho graves problemas com o ar condicionado!!!

    ResponderEliminar
  4. Fujo do ar condicionado como o diabo foge da cruz...

    ResponderEliminar
  5. Apesar de morar numa cidade onde o verão é escaldante, não aprecio ar condicionado.

    ResponderEliminar
  6. Mas porque é que eu, num dia destes, venho aqui para falar do ar condicionado?

    Será para me manter ocupado?

    ResponderEliminar
  7. Ar condicionado... BAAAHHH... No modo normal retira a humidade do ar, coisa terrível para as nossas vias respiratórias, não admira que fiquem maradas!!!
    E nem me digam para gastar dinheiro num mais caro com humidificador, ou num humidificador separado!!! Poupem-me ok!!!

    Carlos... CO2... Não entendi a ligação!!! Mas já que falas em CO2 não sei por raio associo (tipo cão) de imediato a "Global Warming"... E por escrever em Aquecimento Global que tal esta... No mínimo estranho, para mim claro! Para os "técnicos e crânios" a culpa é do Aquecimento Global, e do CO2... Obviamente!!!

    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Condicionado
    o ar?

    Que sopre o vento

    ResponderEliminar
  9. Pode não ser o ideal mas em dias como o de hoje... dá cá um jeito :)

    ResponderEliminar
  10. Prefiro mil vezes o vento natural, mas morando nos trópicos tem dias em que não abro mão do ar artificial.O mesmo eu digo do aquecedor, se bem que o seu uso por aqui é raríssimo!!!

    ResponderEliminar