quarta-feira, 23 de maio de 2012

Uma cliente pouco comum

Será que a lontra ia pedir que lhe baixassem o spread?
Uma coisa é certa...não foi nenhuma das que estão aqui na coluna da direita que entrou na CGD, porque essas ficaram a ler o novo episódio do Homem Rico, Homem Pobre, hoje publicado no "Crónicas on the rocks". Se clicarem na foto ela conduz-vos lá direitinhos, sem terem de passar pela casa de partida.

5 comentários:

  1. Com o desemprego que por aí vai, inclino-me mais para a hipótese de a lontra ter ido ver se havia por lá lugar para ela. Para caçar ratos, por exemplo.

    ResponderEliminar
  2. Concerteza não concordava com as tazas de juro.

    ResponderEliminar
  3. Fui lá Carlos com as lontras...
    sua 'Crônica on the rocks' está especial, fico curiosa pra saber o que sucederá ... com os euros guardados, tomara que voltasse e sua mulher já estivesse longe ... com um anjo bom rs
    abraço Carlos

    ResponderEliminar
  4. Passei férias muitos anos na Figueira.
    Lontras?
    Nunca.
    Algumas "baleias", alguns "tubarões", algumas "trutas",.....lontras, definitivamente, não!!! :))))

    ResponderEliminar
  5. Por um pouco que não se refugiou na casa da minha mãe... mesmo ali ao lado.
    A lontra é mas é o rosto de quase todos nós... "deixem-me fugir"...." de onde vim eu sei, para onde vou , incerto e perigoso".
    Abraço, Carlos. Tenho andado fugida de blogues e suas leituras mas não está esquecido.
    :))

    ResponderEliminar