quarta-feira, 11 de abril de 2012

Fidel, I love you!

5 comentários:

  1. Amar Fidel Castro! Pois.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  2. Se ele tivesse dito que amava Hitler não seria suspenso. Quero dizer, suponho eu...

    ResponderEliminar
  3. Uma liberdade de expressão bem controlada.
    Conheço o género

    ResponderEliminar
  4. Liberdade de expressão? Há cada vez menos democracia... e menos liberdade.

    ResponderEliminar