quinta-feira, 15 de março de 2012

A Mulher na Publicidade (4)

Nos anos 20 do século passado, já existia o Viagra?

6 comentários:

  1. Acho que as cantáridas
    eram de uso corrente

    ResponderEliminar
  2. ... ides fazer o vosso testamento a meu favor, meus queridos vélhinhos!!!

    ResponderEliminar
  3. Carlos
    Esta já não é do meu tempo, mas ouvi mais que uma pessoa contá-la com os pormenores todos que a tomei por verdadeira.
    Um honrado cidadão aqui da minha terrinha, andava de volta da empregada doméstica (no tempo em que era só criada) mas como a idade já ia avançada, faltava qualquer coisa. Pediu ao farmaceutico local (isto no tempo em que os medicamentos eram confeccionados na "Pharmacia", qualquer coisa para o a ajudar a ultrapassar a questão. O Farmaceutico lá arranjou a "mézinha" e até funcionou. Só que o garanhão ficou-se. O maior problema é que durante o funeral (era e ainda é usual a urna toda aberta com o corpo exposto o que obrigava a ter alguem de serviço a disfarçar com flores certa parte do corpo, porque a tal mézinha era tão boa que dava vida a mortos. Não cito nomes para não ferir susceptibilidades, mas por aqui a estória é conhecida.

    ResponderEliminar
  4. Quem diria! Seria feito de pau de cabinda?

    ResponderEliminar
  5. "Acidurol" é um nome de produto tãããããão estranho... :)))

    ResponderEliminar
  6. O nome é perfeito!!! ( as gargalhadas)
    Beijinhos

    ResponderEliminar