terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Ex-fumadores e ex-jornalistas: a mesma luta!

Os serviços de imprensa do Conselho Europeu impediram a TVI de fazer a cobertura das reuniões de Bruxelas durante um mês. A decisão causou estranheza, porque no mesmo dia repórteres de imagem espanhóis e austríacos gravaram e exibiram conversas e comentários dos seus ministros, sem que tenham sofrido qualquer sanção.
Soube-se hoje que Vítor Gaspar quis excluir a TVI das reuniões de Bruxelas definitivamente, como represália pela gravação da conversa que teve com o ministro alemão. A imposição do ministro apenas confirma que Gaspar se sentiu incomodado porque a conversa revela que anda a mentir aos portugueses.  No entanto, parecem-me ainda mais graves estas declarações de Maria Rui, porta-voz da REPER.
 Ex- jornalista da RR e da TDM, Maria Rui foi também uma protegida assessora de imprensa de Sócrates. Foi, aliás, nesse período, que foi para a REPER onde, supostamente, deveria defender a liberdade de expressão e os jornalistas portugueses. O problema é que alguns jornalistas, quando entram no círculo do poder, esquecem-se dos princípios básicos do jornalismo e passam a actuar como censores dos seus ex camaradas de profissão. É isso que explica, também, o silêncio do ex - editor do DN, Pedro Correia, fervoroso defensor da liberdade de expressão de Mário Crespo, activo participante na manif dos 50 patuscos que foram para a porta da AR protestar contra o atentado à liberdade de expressão do governo Sócrates.
Assim que tomou posse do cargo de lambideira especialista do ministro Relvas, Pedro Correia esqueceu-se da liberdade de expressão. Estará a preparar o caminho para suceder a Maria Rui? 
Os ex-fumadores e os ex-jornalistas têm um ponto em comum. Ambos odeiam o seu passado e parecem apostados em vingar-se de quem os obriga a recordá-lo.

7 comentários:

  1. Novamente de acordo com tudo o que diz, excepto no caso de quem deixou de fumar: juro que não incomodo ninguém com sermões de neo-convertida, rrss

    Fique bem, meu caro Carlos

    ResponderEliminar
  2. Esta gente deve detestar pessoas com memória como tu!
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  3. Sou ex - fumadora , não volto a fumar, cheira-me bem o tabaco dos outros e não tenho nenhum " tique "... M.A.A.

    ResponderEliminar
  4. Também acho inexplicável como é que estes ex-jornalistas viram censores dos seus antigos colegas tão rapidamente. E dão opiniões destas, com a maior cara de pau! Os homens do lápis azul devem estar contentes por ter seguidores deste gabarito... :P

    ResponderEliminar
  5. Calma, olhe que eu sou ex-fumadora, embora nunca tivesse sido dependente do vício, e acho que é um acto de selvajaria que alguém se ponha a fumar à mesa onde eu esteja sentada...:)))

    ResponderEliminar
  6. Calma que eu sou ex-fumador inveterado mas não sou fundamentalista, nem perto, já quanto ás lambideiras subscrevo.

    ResponderEliminar
  7. Gente que passou por Macau.
    E mais não digo!

    ResponderEliminar