segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Procura-se!

Partido Socialista, conhecido pelo petit nom PS STOP A última vez que o líder foi visto estava em reunião em S. Bento STOP.Parece que estava a combinar a ida a banhos com o Coelho STOP Dizem-me que o PS " vai fermoso e Seguro" e promete reaparecer lá para meados de Setembro STOP Será?

Há sempre um "mas" a toldar a alegria



A queda de um ditador, seja ele qual for, é sempre motivo de regozijo. Por isso, mesmo sabendo que Kaddafhi foi apeado por quem até há pouco tempo fervorosamente o apoiou, sinto a felicidade pela queda do ditador. O problema é quando deixo de ser ingénuo e começo a imaginar os apoiantes dos rebeldes a dividir os despojos. Restará alguma coisa para o povo líbio? Finou-se uma ditadura mas... sairá dali uma democracia? O tempo responderá...


Conservadores? Talvez...

Este post suscitou diversos comentários que me proporcionaram uma enriquecedora reflexão: serão os portuenses conservadores?


Devo confessar que tenho muita dificuldade em lidar com a palavra conservador e em definir conservadorismo.Não nego que foi o conservadorismo do Porto dos anos 60 que me incitou a pirar-me cedo para Lisboa…no entanto, também sempre liguei a palavra conservador àquele que conserva relíquias que se perderiam no tempo, se ninguém cuidasse de as preservar. Conceitos diferentes, eu sei…mas é mesmo por aí que quero ir.


Quando alguém de Lisboa fala do conservadorismo dos portuenses, a minha reacção imediata é contrariá-la. Mas depois, pensando melhor, chego à conclusão que quem o afirma tem uma boa dose de razão. Os portuenses conservam alguns princípios que aprecio, mas que não deixam de ser conservadores. E até eu, que nos comportamentos sou mais alfacinha do que tripeiro, me deixo conduzir pelo coração e reconheço algumas vantagens nisso.


No Porto ainda se toma chá com naturalidade a meio da tarde, ainda se aproveita a hora do lanche para cavaquear à mesa de cafés com História e as pessoas preferem celebrar os aniversários recebendo os amigos em suas casas, em vez de irem para um restaurante…


São apenas alguns exemplos de conservadorismo que considero positivo. Enquanto reflectia sobre a outra ( menos boa…) vertente conservadora e procurava identificá-la com o comportamento actual das gentes do Porto, dei por mim a constatar que também guardo alguns tiques de conservador, apesar de ter abandonado o Porto há mais de 40 anos. Dou-vos apenas um exemplo:


Quando estou no Porto mais do que as 48 ou 72 horas habituais, gosto de visitar os pais de alguns dos meus amigos da velha guarda. Ora, sendo eu avesso às gravatas, que normalmente só uso quando a isso sou obrigado, dou por mim a vestir um casaco e pôr uma gravata para os ir visitar. Sem esforço e até algum prazer. Apenas porque sei que ( especialmente às mães) lhes vou agradar e enquanto tomamos chá , acompanhado de biscoitos e bolos caseiros, a conversa corre com fluência, como se fossemos da mesma geração.


Não era este o caminho que queria seguir quando comecei a escrever um post sobre o conservadorismo das gentes do Porto, mas deixei-me conduzir pelo movimento dos dedos sobre as teclas, comandados pelo cérebro e desaguei aqui. Nada a fazer. Fica para a próxima…

Vamos a contas?

O governo aumentou o IVA do gás e da electricidade de 6 para 23%. Os consumidores, no entanto, irão pagar uma factura ainda mais pesada, pois este agravamento também afecta os serviços do Estado. Sabendo nós que não há grandes preocupações nos serviços públicos no concernente aos consumos de electricidade, os aumentos dos custos sentir-se-ão na factura mensal dos organismos públicos. Ora adivinhem lá quem vai pagar estes extras...

Cúmulo do azar é...

Passar anos a vomitar posts contra o Sócrates e acabar como especialista no gabinete do Relvas que tem os comportamentos ainda mais obscenos do que o vomitador criticava em Sócrates.

Sucessos de Verão (29)




Um dos discos de vinil que ainda guardo religiosamente é o do concerto de S&G em Central Park.

De " The Boxer a Mrs. Robinson" ( quem se lembra do filme "The Graduate" - A primeira noite?) fizeram de cada música um sucesso de Verão. Depois de muito hesitar, escolhi este como o "sucesso dos sucessos", embora haja outras canções de que gosto mais....