domingo, 21 de agosto de 2011

Ora digam lá...


O governo iniciou funções há precisamente dois meses. Parafraseando um blogger que se alcandorou a especialista, pergunto: "Vivemos melhor, ou pior do que há dois meses"?

Bate, bate, coração (21)

Aretha Franklin






Há vozes que nunca esquecerei, mas a de Aretha Franklin é incomparável. Num inquérito realizado pela Rolling Stone, para escolher as 100 melhores vozes do século XX, Aretha Franklin ficou em primeiro lugar. Nos 20 primeiros, só outra voz de mulher: Tina Turner.

Se foi "Respect" que me deu a conhecer Aretha, canções como "I say a Little Prayer" ou "(You Make me feel) Like a natural Woman" ainda hoje me provocam fortes arritmias. Para partilhar convosco, escolhi "Spanish Harlem". Espero que gostem...

No, we can't

As coisas até pareciam estar a correr bem e cheguei a acreditar que a sorte que nos bafejara nos jogos contra Argentina e França continuaria do nosso lado. Gabriel, o guarda-redes do Brasil até deu uma ajuda ao oferecer um perú monumental, mas depois cedemos o empate e a poucos minutos do final do prolongamento, com os jogadores portugueses a arrastar-se, Mika deu um frango e o Brasil ganhou 3-2.

Foi pena mas, em abono da verdade, os brasileiros foram justos vencedores. Parabéns também aos miúdos portugueses. Ninguém dava nada por eles e chegaram à final, batendo-se até ao último minuto.

Engoliu um gramofone?

Jesus gosta imenso de se ouvir, por isso fala demais e diz disparates. Por acaso viu o penalty assinalado pelo árbitro no jogo dos sub-20 contra a França, resultante de um mero empurrão?
Para o técnico encarnado, quando um jogador do SLB se atira para o chão dentro da área é sempre penalty, mas uma falta claríssima ( carga escusada, mas nítida sobre Sapunaru) contra um jogador do FC do Porto é sempre duvidosa. Não há pachorra para aturar narcisos que gostam de incendiar o futebol português.