sexta-feira, 12 de agosto de 2011

A entrevista de Judite a Gaspar em imagens


Judite Sousa começou por tentar a táctica do saca-rolhas, para saber onde é que o governo vai cortar na despesa...


Como Vítor Gaspar não se desmanchou, Judite passou ao Plano B - a táctica do clister



A princípio, parecia que ia resultar, mas o ministro lá se aguentou e as suas respostas foram no mesmo sentido do cão que anda atrás do rabo.



Nada de surpreendente. Judite de Sousa utilizou uma táctica bem conhecida do governo. Nos cortes do subsídio de Natal utilizou o saca-rolhas, hoje deu-nos um clister com o aumento do IVA na electricidade e no gás e os portugueses, atónitos, já andam como o cão atrás do rabo, a perguntar: onde nos fomos meter?
Habituem-se! Foram vocês que escolheram, agora aguentem!






Tome umas vitaminas, que isso passa.

Enquanto pede sacrifícios aos portugueses, lhes mete a mão no bolso e exige mais trabalho, Passos Coelho vai de férias ao fim de um mês de trabalho, coisa a que nenhum trabalhador deste país tem direito. Estava cansadinho, coitado... mas os funcionários públicos é que são malandros e calaceiros.

A verdade é dura, mas tem de ser dita

O que mais me entristece e revolta, neste momento que o país atravessa, é constatar que foi a esquerda que pôs lá este governo. Não acredito que os dirigentes do BE e do PCP sejam tão ingénuos, ao ponto de pensarem que a maioria dos descontentes com o PS ia votar neles...




Sem vergonha na cara!

A troika veio exigir ao governo que meta Jardim na ordem. O governo obedece, mas quem paga são os bancários.

As praias da vida dos outros ( 15)



As memórias da Ariel levam-nos ao seu "Paraíso Perdido". Acompanhem-na viagem até África e desfrutem. Em primeira classe e sem necessidade de pagar bilhete...

Agarrem-me senão...



O ministro das finanças marcou conferência de imprensa às 9 da manhã, para anunciar o corte na despesa. Os jornalistas levantaram-se cedo, acotovelaram-se para ouvir a boa nova e a transmitir ao país. E que ouviram? "O IVA do gás e da electricidade vai aumentar de 6 para 23 por cento já em Setembro"


Cortes na despesa? Nem um! Os ministros continuam a poder pagar salários escandalosos ( para a média portuguesa, entenda-se...) aos amigos que recrutam para os gabinetes, os automóveis de serviço luxuosos continuam a circular alegremente, as mordomias idem aspas. Ou seja... para este ministro cortar na despesa, significa ir ao bolso dos contribuintes.


Braga de Macedo disse que devíamos ter cuidado com os sonsos, mas Vítor Gaspar é muito pior do que isso. Não, não digo, senão apanho um processo e a mãezinha dele não tem culpa.

Sucessos de Verão (21)




Bob Dylan não podia faltar nesta selecção. Podia trazer-vos Blowing in the wind, mas optei por esta porque, por estranho que pareça, foi um sucesso ainda maior.