quinta-feira, 30 de junho de 2011

Noites de cinema





Talvez poucos tenham visto este filme argentino, mas os cinéfilos de certeza que identificam esta imagem. Ou não?

Na cadeira, ou na carteira, o sonho está onde um homem quiser...

André Villas Boas rescindiu o contrato que o ligava ao FC do Porto por...fax! Um homem que recebeu tudo da entidade patronal e não consegue despedir-se enfrentando o patrão olhos nos olhos, não pode ter a consciência tranquila.

Villas Boas- posso afirmá-lo com conhecimento de causa- foi educado dentro de padrões de urbanidade que não respeitou. Mantendo-se fiel aos parâmetros da sua educação, neste momento a sua consciência estará a condená-lo. Não por ter ido embora do FC do Porto, mas sim pela forma como agiu. Nem sempre um berço de oiro é sinónimo de boa educação, mas não é o caso de Villas Boas, pessoa educada e de bom trato. Por vezes o percurso de vida trai os princípios em que as pessoas são educadas, levando-as a trocar cadeiras de sonho por carteiras oníricas. E nem sempre a máxima "por detrás de um grande homem, há sempre uma grande mulher" se aplica à realidade.