domingo, 9 de outubro de 2011

Balanço (provisório) do Carnaval madeirense

PSD- Venceu, mas não convenceu. Numas eleições livres teria certamente perdido a maioria absoluta mas, mesmo assim, teve o o seu pior resultado de sempre (48,9%) perdendo um quarto da sua última votação. Não acredito que AJJ cumpra o mandato até ao fim...mas seria injusto que depois e conduzir a Madeira ao descalabro, não fosse ele a ter de pagar a factura e retirar-se da cena política humilhado.

CDS- Triplicou a votação e o número de deputados e passou a ser a segunda força política do arquipélago.

PS- Com um candidato pouco carismático e a lamber as feridas da derrota no Continente, perdeu um terço dos eleitores e passou a ser a terceira força política, obtendo a pior votação de sempre . Tudo indica que terá perdido muitos votos para o PT e até para o CDS.

PT- O novo partido de José Manuel Coelho - que concorreu pela primeira vez às eleições regionais- elegeu 3 deputados, sendo um dos grandes vencedores da noite. Não será, provavelmente, uma votação consistente, mas assegura pelo menos episódios divertidos na Assembleia Regional.

PCP- Também perdeu eleitorado, mas conseguiu ainda assim, eleger um deputado.(Tinha dois)

BE- Desapareceu do mapa político madeirense e, pior ainda, foi a força política que recolheu menor número de votos. Como acontecerá muito provavelmente a breve prazo, se não arrepiar caminho, a nível nacional.

Conclusão: apesar da vitória do PSD, creio que começa amanhã uma nova vida para os madeirenses. Talvez a democracia tenha chegado finalmente ao arquipélago. Não a democracia muito apreciada pela tonta da D. Manuela, ou pelo PR que se sentia bem no Estado Novo. Refiro-me à democracia onde, pelo menos, as eleições deixem de ser uma farsa e os eleitores não sejam conduzidos às urnas por empresas públicas.

7 comentários:

  1. Alberto João Jardim ganhou e agora vai ter muito trabalho para tapar o buraco da Madeira. Mas vai sempre poder alegar que herdou uma situação caótica e que a culpa é do anterior governo regional.

    ResponderEliminar
  2. Irá começar mesmo uma nova vida? Com Jardim eleito de novo com maioria absoluta? Tenho dúvidas, bastantes.

    Repouse bem.

    ResponderEliminar
  3. Estou tapadinha de todo quem é a D. Manuela?

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada ...não estava mesmo nada a ver quem era...Deve-me ter passado qualquer "coisa"

    ResponderEliminar
  5. Sabe Carlos, aqui há uns tempitos atrás dizia-se a boca cheia que AJJ devia candidatar-se à presidência da República e eu sempre me deu náuseas só de ouvir a possibilidade (palhaços já nós temos que chegue no "contenente"). Finalmente entendi que, "assim comassim" sempre era melhor que fosse PR, boneco por boneco tanto nos fazia e sempre tínhamos menos prejuízo, pois buracos só os podia inaugurar buracos, não escavá-los!

    ResponderEliminar
  6. "...buracos só os podia inaugurar, não escavá-los". Assim é que está correto!

    ResponderEliminar