quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Legítima defesa

Alberto João Jardim escondeu a dívida em legítima defesa...
O governo vai abotoar-se com as verbas do Euromilhões, em legítima defesa...
E eu?


Vou pedir um empréstimo avultado a um banco e depois emigro, porque Portugal está cada vez mais perigoso e sempre poderei invocar a fuga, como legítima defesa...

5 comentários:

  1. Carlos,

    Que tal não emigrar, mas sim "imigrar", para uma dessas aldeias do Minho ou das Beiras...

    Já agora conto/ou digo aqui como queiram:o Minho e as Beiras estão CHEIOS de turistas jovens, a fazer compras made in Portugal, ou a mergulhar na nosss cultura.

    Este País já não é o que era.

    ResponderEliminar
  2. Nem é necessário emigrar: eles não ficam todos cá?

    Bom dia, Carlos

    ResponderEliminar
  3. Carlos se fugir diga-me para onde, vou atrás de si (não consigo, não vá alguém interpretar este meu pedido:):):))

    ResponderEliminar
  4. A ideia é legítima não sei é se o banco vai emprestar o guito!

    ResponderEliminar