terça-feira, 9 de agosto de 2011

"Este governo é mesmo diferente"- garante um especialista





Pessoa amiga fez-me chegar um link para um post de um blog parcialmente afecto ao passismo, onde se demonstra que este é um governo diferente. A história conta-se em breves palavras:




Ia um cidadão numa tarde de domingo a passear por Lisboa quando, num semáforo, alguém montado numa Vespa lhe acena e atira:




"Estás bom Pedro?"




O homem que vai na Vespa é o ministro Pedro Mota Soares. Feliz, o cidadão Pedro corre para casa e escreve um post em que, baseado naquele episódio, sentencia: "este é um governo diferente daquele a que estamos habituados".




Fico sem saber se o cidadão Pedro está embasbacado por ver um ministro a andar de Vespa, numa tarde de domingo, ou por ter sido cumprimentado por um ministro. Presumo que seja pela primeira hipótese, pois o cidadão Pedro, embora se tenha esquecido de o dizer, é um especialista recrutado para um gabinete ministerial, pelo que não é de admirar que um ministro lhe acene. Mas isso agora não interessa nada... O importante é que ficamos a saber para que serve um especialista. Para nos explicar que basta pôr um ministro a andar de Vespa, para termos um governo diferente. Imaginem os encómios do especialista se tivesse visto a ministra Assunção Cristas na pose reproduzida na foto...












10 comentários:

  1. O Carlos está a ser mauzinho... :)
    Não concordo que seja um governo diferente, acho que só mudou o nome, mas percebi que o teor do texto se referia à simplicidade do senhor que seguia de vespa, em vez de ser conduzido por um motorista num mercedes qualquer. Digo eu...

    ResponderEliminar
  2. Ele há cumcada especialista..:))))

    ResponderEliminar
  3. Admito que tenha razão o especialista
    Que seja efectivamente
    um governo diferente
    Naquilo que deixa ver
    Não naquilo que a gente sente

    ResponderEliminar
  4. Essa do governo ser diferente tem muito que se lhe diga. Eu diria que essa frase podia tornar-se publicidade enganosa. Mas como eu existem muitos que já pouco ou nada acreditam nestes políticos. Se me disserem que tem boas intenções, até pode ser que sim, mas existe um sitio muito especial para esse tipo pessoas. Ao fim de pouco mais um mês, mais parece que pouco ou nada mudou e são sempre os mesmos a pagar as favas e que a desculpa do costume tem a ver com o que se passa lá fora e não tanto com os excessos cometidos dentro de portas.

    ResponderEliminar
  5. Carlos
    É o quê? Um governo diferente?
    Como diz o velho ditado...mudaram de burro mas não de ladrão.
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. É realmente muito diferente do anterior. As mentirolas é que persistem... sabe-se lá porquê! Deve ser fado!:P

    ResponderEliminar
  7. Acabei por não perceber. Com tanto Pedro à mistura, acaba sendo uma confusão. E sempre ouvi dizer que uma andorinha não faz a Primavera.

    ResponderEliminar
  8. Sabem bem estes especialista e para além disso fartavam-se de criticar o camara corporativa hoje sao eles a fazer a mesma coisa.

    Ele até pode ir de lambreta mas cá para mim vem de carrinho.

    Santa hipocrisia...

    ResponderEliminar
  9. Diferente é, sem dúvida, pois não há duas coisas iguais!!!
    Mas já adoptou os vícios de que enfermaram todos os governos desde 74.
    Impôe-se que passe a governar pensando mais nas pessoas do que nos euros. As notícias que chegam lá de fora mostram que as pessoas, por mais pacíficas que sejam, acabam por se fartar e depois ninguém lhes consegue puxar o freio.

    Cumprimentos
    João

    ResponderEliminar