segunda-feira, 4 de julho de 2011

Repensar a vida nos subúrbios

Pedro Passos Coelho optou por continuar a viver em Massamá e, em minha opinião, fez muito bem. Se mudasse para Lisboa, ou fosse viver para S.Bento, alegando que precisava de estar mais perto do gabinete, choveriam as críticas daqueles que, como eu, o consideram um betinho complexado.

O facto de PPC viver em Massamá trouxe os subúrbios para as páginas dos jornais. Nas vésperas de sair de Lisboa, o P2 trazia um artigo um pouco esquizifrénico sobre o assunto. Como se um primeiro-ministro que vive num andar com a mulher e quatro cadelas pudesse mudar a realidade dos subúrbios, só porque todos os dias um motorista o vai buscar e levar a casa num carro topo de gama, escoltado por batedores!

Talvez a vida mude para quem apanhar " a boleia" no IC 19 mas, quanto ao resto, os subúrbios continuarão a ser como aqui os descrevi em 2008 Alguém tem dúvidas?

6 comentários:

  1. Já pensei nessa dos batedores e da malta a enfiar-se atrás do carro do PM! :-))
    É óbvio que PPC não poderá andar ao ritmo do comum dos mortais no IC9!
    E não estou a brincar!
    Mas poupava tempo, combustível e fazia menos poluição se fosse morar para S. Bento!

    ResponderEliminar
  2. Demagogia, tudo isso é pura demagogia!

    ResponderEliminar
  3. Pois... não sei se faz bem ou mal continuar em Massamá, acho que é um "no-issue".

    ResponderEliminar
  4. Carlos
    Bem podia abdicar da escolta e usar as cadelas, assim poupava no orçamento.
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Carlos
    Repensar a vida no suburbio.

    com carinho Monica

    ResponderEliminar
  6. Se a decisão é para impressionar alguém favoravelmente, só se forem os vizinhos dele a caírem...

    Nem que ele continue a viver em Massamá vou deixar de o considerar um betinho complexado, com tendência a birrento.

    Quanto aos subúrbios, mesmo assim alguma coisa tem vindo a melhorar nos últimos anos! Para melhor! Embora nem tudo ainda esteja resolvido, obviamente... :)

    ResponderEliminar