quinta-feira, 28 de julho de 2011

Medidas "práfrentex"

O governo não pára de nos surpreender com medidas inteligentes para reduzir a despesa. Nada de cortar nos carrinhos e outras mordomias, porque isso são ideias ultrapassadas. São precisas medidas mais arrojadas.

Nesse sentido, verdadeira medida "práfrentex" foi a tomada por Miguel Macedo, ministro da Administração Interna, para combater o despesismo na PSP e GNR: os polícias não devem circular nos automóveis mais de 20 ou 25 quilómetros por dia devendo, se a isso o serviço exigir, fazer o restante percurso a pé!

Até parece anedota e daria vontade de rir, se não fosse o espelho do modo de pensar e agir deste governo.

Nas polícias já há quem diga " Volta Rui Pereira que estás perdoado!".

4 comentários:

  1. Estou "panfia" como diria a minha avó!!!! Esta para mim é uma novidade que até não me surpreende...
    Talvez o nosso país venha a dar uma lição ao mundo no mundo como se pode "poupar". Esta notícia faz-me lembrar uma anedota que falava na poupança dos palitos...os "croquetes" passariam a deixar de levar "palitos" mas as recepções faustosas continuariam a fazer-se.

    ResponderEliminar
  2. Se pensarmos bem até não é uma má medida.
    Pensando a longo prazo, teremos polícias mais robustos, ágeis, com porte atlético, que nos deixa até com vontade de cometer um delito qualquer só para sermos levadas para prestar declarações, eheheheh.
    Andando a pé, melhora a circulação sanguínea, menos colesterol, melhor qualidade de vida. Por isso há que reclamar, porquê????
    Abraço!!!

    ResponderEliminar
  3. É para fazerem exercício e manteram a forma.
    Não queremos mais polícias barrigudos!! :))

    ResponderEliminar
  4. Carlos
    Começa a ser (para quem tinha ilusões) preocupante o amadorismo de alguns dos novos governantes e afins. Será que haverá algum campeonato de asneira e o pessoal não se aperceba? Nalguns casos, como este é mesmo de fazer para mostrar "trabalho". Claro que a contagem dos Kms foram feitos com base no necessário para a segurança no Terreiro do Paço e o percurso para a esquadra mais próxima.

    ResponderEliminar