segunda-feira, 9 de maio de 2011

Perguntar não ofende

E se alguém decidisse matar Bush, alegando que ele cometeu crimes de guerra, ao invadir o Iraque a pretexto de uma mentira provocando a morte de milhares de civis inocentes? Alguém no Ocidente iria defender que se tratou de uma morte justa?

5 comentários:

  1. That's a trick question... na verdade, não há assassinatos justos Carlos... whoever... Podemos argumentar que essas mortes de civis inocentes, não foram premeditadas ou intencionais, sendo colateral damage das guerras, sendo por isso, mais "justificadas"... no entanto, para responder concretamente à pergunta, seria tão justa como a outra morte...

    ResponderEliminar
  2. Obama

    o chefe máximo de um sistema menor

    ResponderEliminar
  3. Eita perguntinha danada.
    Te garanto que não.
    Aquilo de sempre que violência só gera nova violência, e nunca que isso teria fim.
    Mas um morte seria tão justificada quanto a outra, pelo menos pra mim.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  4. Não, o país dessa pessoa seria invadido e desvastado sob o pretexto de uma mentira.

    ResponderEliminar