sexta-feira, 27 de maio de 2011

Brites está de regresso ao Rochedo, pessoal!

Olá, amigas e amigos, ainda se lembram de mim?

Sou a Brites, aquela jeitosa que animava as vossas tardes de domingo aqui no CR!

Quem não me conhecer, pode confirmar aqui que, depois do Rochedo cor de rosa, os domingos do Rochedo nunca mais foram os mesmos, O Carlos, coitado, bem se esforça, mas aquelas pindérica que ele traz aqui aos domingos são a alegria dos cemitérios...

Bem e o que é que me passou pela cabeça para regressar a Portugal, quando toda a gente quer sair? – perguntarão alguns leitores, pensando que ensandeci.
Não se preocupem, porque ainda estou boazinha da cabeça. Outro dia estava a ler uma coisa que o Carlos pôs no Facebook e decidi: vou a Portugal votar! Nesse mesmo dia comecei a bater a asa e cá estou, acabadinha de chegar.

Não me perguntem em quem vou votar, porque o voto é secreto, mas asseguro-vos que sei em quem não voto. Não se esqueçam que foi por causa disto que comecei a pensar emigrar, com medo do que me pudesse acontecer. E depois desta cena com o paparazzi decidi que o melhor era ficar no Brasil, porque eu não sou maluca, está bem?
Agora estou um bocado cansada. Vou abancar aqui pelo Rochedo a ler jornais ( sim, agora já leio jornais, porque estão cada vez mais parecidos com as revistas cor de rosa) e no domingo cá estarei para voltar a trazer alegria às vossas vidas. Ciao!
PS: Estou curiosa para saber quem é a pindérica que o Carlos põe aqui amanhã! Ele chama-lhes namoradinhas de Portugal, coitado. A PDI não perdoa...

3 comentários:

  1. Sejas bem-vinda de volta Brites! Temos que dar um desconto ao Carlos coitado, rrssssss Ainda bem que avisas que é so a PDI, pensei que era mais grave, tendo em conta algumas das que tem apresentado :))))

    ResponderEliminar
  2. Que bom que voltou Brites!!! Estive por aí e lhe asseguro que vale a pena voltar e votar por um futuro melhor, mesmo que ele demore a chegar :o)

    ResponderEliminar
  3. Como tu já sabes, Brites, os homens quando atingem uma certa idade agarram-se a qualquer namoradinha (pindérica) que encontrem pelo caminho.

    Nada de grave, Brites, é sinal que continuam vivos!!!

    ResponderEliminar