quinta-feira, 28 de abril de 2011

Está tudo grosso?

O sr. presidente da república garantiu que, se fosse eleito , os juros da dívida iriam baixar. Jurou que só a sua eleição garantiria estabilidade no país. Duas semanas depois de um discurso rasteiro de ataque ao governo e apelo ao sobressalto cívico e uma semana após outro discurso em que teceu rasgados elogios à guerra colonial, os juros da dívida continuaram a aumentar, a instabilidade política acentuou-se e o governo pediu ajuda ao FMI. Perante isto, os portugueses que escrevem nos jornais pedem apenas a crucificação de Sócrates, como se ele fosse o único culpado. Há coisas que não consigo entender mas, provavelmente, o problema é meu...

7 comentários:

  1. Carlos
    É por estas e outras que ando assim um bocado para o "aparvalhado".
    A sorte do meu caro é que de vez em quando muda de ares.
    Boa viagem e bom trabalho.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. não estão grossos, não...

    e são responsaveis por terem levado o país para onde queriam

    provavelmente sem ajuizarem do que estava em jogo...

    agora ja falam de unidade do país,

    depois de muito, e quase todos os dias, terem contribuido para a sua descredibilização

    lá fora e dentro cá...

    E mais: alguns destes ja foram a origem, resposaveis, da vinda do FMI noutros tempos...

    parece que são sempre os mesmos...

    abraço

    ResponderEliminar
  3. O Sócrates não é o único culpado, mas TAMBÉM É CULPADO!!!

    Como já dizia o grande Eça de Queirós:

    "OS POLÍTICOS E AS FRALDAS DEVEM SER MUDADOS FREQUENTEMENTE E PELA MESMA RAZÃO".

    O pior é que a fralda que nos espera é de uma qualidade muito fraca.

    ResponderEliminar
  4. Carlos,
    Gostei de ver os quatro presidentes juntos.
    Independentmente de terem ideias e ideiais diferentes, de até terem desavenças pessoais, a hora é de unir esforços.
    Gostei de ver e é nisto que temos que nos focar.

    ResponderEliminar
  5. Há que melhorar as sondagens passo a passo...

    ResponderEliminar
  6. O culpado não é só um!!
    E por mais que queiram fazer passar que é o maior culpado, não é.
    É todo um conjunto de oportunistas, "jobs for the boys" e outros afim que só querem é "mama".

    ResponderEliminar
  7. Caro "companheiro",
    Tb ainda não consegui perceber essa fixação sobre Socrates.
    Com a ajuda da comunicação social estão a querer pôr um borrão sobre os outros antes de Socrates, o que me entriste-se "por motivos" vários.

    ResponderEliminar