sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Sondagens fast food

Quando o fast-food chega às sondagens, não há credibilidade que resista.

1 comentário:

  1. Carlos
    Por este andar e tendo em conta os custos das eleiçoes, agravados desmesuradamente se houver uma 2ª volta, parece-me que o ideal seria entregar a Presidência a quem os tais 200 e picos eleitores sondados, decidissem.
    Era uma grande poupança.
    Já agora veja lá se vem a tempo, porque um voto faz falta.

    ResponderEliminar